Tecnologia

Twitter compra Quill para ampliar ferramentas de mensagens

Crédito: Pixabay

Twitter anunciou nesta terça-feira que comprou a Quill, empresa que desenvolve uma plataforma de rede social, para ampliar suas ferramentas de mensagens (Crédito: Pixabay)

Por Sheila Dang



DALLAS, Estados Unidos (Reuters) – O Twitter anunciou nesta terça-feira que comprou a Quill, empresa que desenvolve uma plataforma de rede social, para ampliar suas ferramentas de mensagens.

A plataforma da Quill é rival da Slack, controlada pela Salesforce e que se tornou uma ferramenta de mensagens comum em muitas companhias.

+Klabin projeta investimento de R$4,7 bi em 2022, dos quais R$2,75 bi em Puma 2

 

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



+Ações da Evergrande renovam mínima recorde em meio a crise de dívida; Kaisa perde prazo para pagamento

A equipe da Quill vai ajudar o Twitter a desenvolver sua ferramenta de mensagens diretas e torná-la uma forma mais útil para as pessoas manterem conversas na rede sociial, segundo Nick Caldwell, diretor geral do Twitter para tecnologia.

A Quill afirmou em comunicado que vai fechar seu serviço conforme integra sua equipe com a do Twitter.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB70L2-BASEIMAGE


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto