Finanças

Yellen impulsiona maioria das bolsas asiáticas, mas Xangai realiza lucros

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira, após comentários da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, gerarem otimismo sobre a recuperação da economia norte-americana. Os mercados chineses, porém, foram pressionados por realização de lucros.

Em depoimento no Senado em Washington, Yellen sinalizou ontem que o Fed poderá considerar um novo aumento de juros em sua próxima reunião, em março. O gesto sugere que a economia dos EUA está forte o suficiente para que o Fed prossiga com a normalização da política monetária.

Após a fala de Yellen, os principais índices acionários de Nova York atingiram novas máximas históricas de fechamento no pregão de terça-feira.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 1,03% hoje, a 19.437,98 pontos, também favorecido pela valorização do dólar ante o iene na esteira do depoimento de Yellen, enquanto em Hong Kong, o Hang Seng avançou 1,23%, a 23.994,87 pontos, atingindo o maior nível em cinco meses, e em Seul, o sul-coreano Kospi teve alta de 0,45%, a 2.083,86 pontos.

Na China, as bolsas operaram no azul durante a maior parte da sessão, mas acabaram virando para baixo na última hora de negócios, em meio a uma onda de realização de lucros. Segundo analistas, há temores de que o banco central chinês (PBoC) aperte sua política monetária, principalmente após dados de janeiro mostrarem que a inflação do país está ganhando força.

O Xangai Composto terminou o dia em baixa de 0,15%, a 3.212,99 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto registrou queda de 0,88%, a 23.703,01 pontos.

Entre mercados asiáticos menores, o Taiex subiu 0,83% em Taiwan, a 9.799,76 pontos, mas o filipino PSEi recuou 0,45% em Manila, a 7.174,30 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também foi ajudada por Yellen e encerrou o pregão no maior patamar desde 9 de janeiro. O índice S&P/ASX 200 avançou 0,9% em Sydney, a 5.809,10 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel