Finanças

XP e BlackRock lançam fundo que investe em empresas com metas sustentáveis

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Promover o crescimento econômico inclusivo, combater a mudança climática e degradação ambiental são alguns dos objetivos das Nações Unidas (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

As empresas mais avançadas em metas de sustentabilidade vão compor o novo fundo da XP. O BlackRock Global Impact Advisory, como é denominado o fundo, terá o patrimônio investido no fundo Global Impact, gerido pela BlackRock.

Segundo informações do Valor Investe, as empresas que compõem o portfólio precisam passar por um crivo de impacto socioambiental. Sendo que os negócios, produtos ou serviços delas têm que resolver problemas sociais e ambientais. Significa dizer que precisam estar comprometidos e avançados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

+ ONU: pandemia afeta consideravelmente investimentos estrangeiros diretos
+ CEO da 3M diz que a pandemia “nos acordou para a sustentabilidade”

Aumentar o acesso à educação de qualidade e cuidados de saúde inovadores, promover o crescimento econômico inclusivo, combater a mudança climática e degradação ambiental e a progressão da igualdade de gênero são alguns desses objetivos.



Caberá à equipe de investimento da BlackRock analisar se as empresas atendem a um conjunto de critérios de impacto para atingir os objetivos do fundo.

A estratégia no exterior, na qual o fundo da XP investirá, é gerida por Eric Rice, líder de Investimentos de Impacto em Ações da BlackRock, e arquiteto da Global Impact, a primeira estratégia diversificada de investimento de impacto em mercados públicos do mundo.

O fundo está interessado em empresas focadas em ferramentas de diagnóstico médico, ventiladores e vacinas para combater a crise; ensino à distância; transações eletrônicas; sistemas de notificação em massa de crise e microcréditos; além de outras necessidades críticas para este momento, entre outras áreas.

Ainda conforme o Valor Investe, Carlos Takahashi, presidente da BlackRock Brasil, disse que, assim como no País, globalmente, tem visto um crescente aumento de investidores alocando seus recursos em investimentos sustentáveis.

Ele afirmou também que, somente neste ano, a BlackRock teve um fluxo de mais US$ 25 bilhões de novos aportes tanto em ETFs (fundo de investimento negociado na Bolsa) quanto nos fundos de estratégias ativas, elevando para US$ 127 bilhões o total de ativos em investimentos sustentáveis. A meta é chegar a US$ 1 trilhão até 2030.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel