Negócios

Xiaomi anuncia moto híbrida movida a hidrogênio e energia

Crédito: Divulgação

O projeto ainda é apenas um conceito, mas a companhia já está recebendo reservas (Crédito: Divulgação)

A Segway, da gigante chinesa Xiaomi, anunciou que irá produzir uma motocicleta híbrida com motor elétrico e a hidrogênio. Batizado de Segway Apex H2, o projeto ainda é apenas um conceito, mas a companhia já está recebendo reservas para pedidos de compra.

De acordo com o site Electrek, a novidade dá continuação à linha Segway Apex, moto elétrica revelada pela empresa no final de 2019. Segundo a Xiaomi, o novo veículo terá motor híbrido para oferecer maior segurança e eficiência aos consumidores.

+ Smartphone: Samsung renova linha Galaxy A com quatro modelos

Os cilindros de hidrogênio que fornecem o combustível são trocáveis e recarregáveis, o que deve reduzir o tempo necessário para recarga em comparação com uma moto elétrica comum. 

O design mistura linhas futuristas e esportivas e conta com um efeito que parece fazer a moto “flutuar”. A moto terá ainda adereços especiais, como os faróis horizontais já integrados ao veículo e uma tela multimídia frontal dianteira de 7 polegadas.

As informações iniciais da Segway mostram que a Apex H2 será produzida em dois anos e é estimado que as primeiras entregas sejam feitas a partir de 2023. O preço da moto será de aproximadamente US$ 10.700 (quase R$ 60 mil no câmbio de hoje, 7 de abril).

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel