Negócios

Wing, o serviço de drones do Google, faz primeira entrega na Austrália

Serviço recém-inaugurado ficará restrito à região norte de Camberra, capital da Austrália. Previsão é gerar US$ 28 mi em negócios até 2025

Wing, o serviço de drones do Google, faz primeira entrega na Austrália

O serviço de drones do Google, Wing, fez a sua primeira entrega nesta terça-feira (9), em Camberra, capital da Austrália, após anos de testes e espera pela liberação da agência de aviação civil do país. As entregas ficarão limitadas a uma área de 100 residências na região norte da cidade, mas a companhia já afirmou planos de expansão para os próximos meses.

“A Wing está testando a entrega de drones na Austrália desde 2014. Nos últimos 18 meses, a empresa forneceu alimentos, pequenos utensílios domésticos e produtos químicos de consumo mais de 3 mil vezes para as residências australianas nas comunidades de Fernleigh Park, Royalla e Bonython”, disse a companhia em um anúncio no blog oficial.

A Wing é a principal rival da Amazon no delivery por drones. A empresa de Jeff Bezos já realizou uma série de testes, mas nunca operou o serviço de forma comercial. A estimada da companhia do Google é gerar até US$ 28 milhões nos negócios da região até 2030, e que os drones representem 25% da entrega de mercadorias locais.

A companhia deixou o setor de incubação da Alphabet, empresa controladora do Google, para se juntar ao lado de grandes projetos. No ano passado, a Wing anunciou que deve leva o serviço de entregas também para a Finlândia ainda neste ano.