Mercado Digital

WhatsApp pede que usuário atualizem aplicativo após divulgação de ataques

Anuncio vem depois de reportagem revelar invasão de hackers através de brecha na segurança. Medida vale para usuários do WhatsApp no Android e iOS

WhatsApp pede que usuário atualizem aplicativo após divulgação de ataques

Grupp de hacker descobriu falhas no sistema de segurança do WhasApp e instalou programas que revelam informações dos usuários, afirma reportagem

O WhatsApp pediu que os usuários atualizem o aplicativo para a sua versão mais recente como forma de se proteger de uma onda de ataque hacker divulgada nesta semana. Segundo a empresa controlada pelo Facebook, a atualização vale para usuários dos sistema iOS e Android.

“O WhatsApp incentiva as pessoas a baixar a versão mais recente do nosso aplicativo, bem como manter em dia o sistema operacional do seu telefone, para se proteger contra possíveis ataques de segurança que visam comprometer as informações armazenadas no aparelho”, disse à AFP um porta-voz da companhia.

Confira como atualizar o seu aplicativo:

Sistema iOS

– Abra a App Store e selecione atualizações.

– Selecione “WhatsApp” e Atualizar.

Sistema Android 

– Abra a Play Store e toque nas 3 linhas no canto superior esquerdo.

– Selecione “Meus aplicativos e jogos” no menu.

– Selecione “WhatsApp” e selecione Atualizar.

De acordo com reportagem publicada no Financial Times, um grupo de hackers descobriu falhas no sistema de segurança do aplicativo de mensagens e instalou programas que revelam e capturam informações dos usuários, chamados de spyware, em celulares.

Segundo a reportagem, que cita um distribuidor de spyware, a ferramenta foi desenvolvida por uma empresa com sede em Israel chamada NSO Group, acusada de ajudar governos do Oriente Médio México e outros paísesa espionar ativistas e jornalistas, informaram diversos veículos de informação internacional.

O WhatsApp não revelou o número de clientes afetados – diariamente a rede é acessada pro 1,5 bilhão de usuários -, e também informou quais os alvos dos ataques. Este é o último de uma série de polêmicas envolvendo o Facebook, que além do WhatsApp é gestor do Instagram, e a falta de segurança dos seus servidores e o vazamento de dados pessoas de usuários para empresas de pesquisa de mercado.