Tecnologia

Whatsapp lança plataforma de fact-checking para eleições na Índia

Para checar fake news, o Whatsapp criou o Checkpoint Tipline, uma linha especial para repassar mensagens falsas, que serão analisadas e respondidas no próprio app

Whatsapp lança plataforma de fact-checking para eleições na Índia

Crédito: AFP/Arquivos

Se no Brasil o Whatsapp foi alvo de polêmicas no período das eleições, na Índia o aplicativo de troca de mensagens é um canal tão grande e intenso que já causou até mesmo uma onda de linchamentos provocada por fake news. Por conta disso, o app está tomando diversas medidas para evitar a propagação de notícias falsas durante as eleições indianas – as maiores do mundo em número de eleitores e que começará em 11 de abril com resultado marcado para ser divulgado em 23 de maio.

O Whatsapp já havia anunciado que tomou medidas contra o disparo em massa de mensagens – tática usada para espalhar desinformação pela rede – e também uma ferramenta criada para apurar manipulação de imagens compartilhada entre usuários.

Agora o app anuncia medidas para checar notícias falsas com a criação do Checkpoint Tipline, uma linha especial onde qualquer indiano poderá repassar mensagens duvidosas para serem investigadas. Ela será gerida pela startup Proto, responsável por analisar a mensagens recebidas e indicar se ela é verdadeira, falsa, enganosa ou questionável.

A linha também será usada para criar uma database das notícias que circulam na rede para entender como essas notícias se espalham. O objetivo é compreender os usuários mais suscetíveis, os pontos mais falados e os locais onde mais se espalha as fake news. Segundo o Economic Times India, o plano da Proto é divulgar dados e resultados com o International Center for Journalists.