Negócios

Walmart apresenta novo programa de fidelidade nos EUA

Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro

O programa terá um período de teste gratuito de 15 dias (Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro)

O Walmart anunciou nesta terça-feira (01) que seu novo programa de fidelidade será lançado dia 15 de setembro, nos Estados Unidos. O Walmart + custará US$ 98 por ano ou US$ 12,95 por mês com entrega gratuita ilimitada, descontos em combustível e o recurso Scan & Go para compras na loja.

Com o Scan & Go, o cliente pode digitalizar itens enquanto compra e, em seguida, pagar usando o Walmart Pay, sem passar pelo caixa. Já os descontos em combustível estarão disponíveis nos postos Walmart, Murphy USA e Murphy Express.

O programa também terá um período de teste gratuito de 15 dias. A previsão de entrega da varejista é para o mesmo dia da compra e o mix disponível será de mais de 160 mil itens como mantimentos, utensílios domésticos, tecnologia e brinquedos.

+ Walmart lança serviço para concorrer com o Amazon Prime Membership
+ Amazon vai lançar mercearia, com assistente de voz Alexa

O programa é visto pelo mercado como um concorrente da Amazon, que estabeleceu um novo padrão para entrega de alimentos com o Prime Now, em 2014. A Instacart e a Shipt, ambas da Target, oferecem programas anuais de US$ 99, com acesso a itens de várias lojas.

De acordo com reportagem do USA Today, a diretora de atendimento ao cliente da varejista, Janey Whiteside, disse que o objetivo do programa é ter um conjunto abrangente de benefícios que utiliza o alcance do Walmart para oferecer soluções com um valor baixo.

Segundo o Walmart, mais benefícios serão adicionados ao programa posteriormente. 

Supermercado online da Amazon

A Whole Foods Market, rede de supermercados da Amazon, também divulgou novidades hoje. A companhia inaugurou oficialmente sua primeira loja online permanente no Brooklyn, em Nova York. O ponto de venda atenderá somente pedidos de entrega de alimentos, sem abertura para o público.

Segundo o USA Today, a nova loja tem corredores longos, um refrigerador para produtos frescos e um grande freezer. O espaço é semelhante a um centro de distribuição. A unidade é diferente das lojas temporárias que a empresa havia convertido para atender a alta na demanda de entregas por conta da pandemia e deve permanecer apenas para compras online.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel