Economia

Waldery será substituído por Bruno Funchal na secretaria de Fazenda, dizem fontes

Crédito: Arquivo / Reuters

Waldery entrou na mira do presidente Jair Bolsonaro no ano passado (Crédito: Arquivo / Reuters)

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Waldery Rodrigues, atual secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, deixará o governo e será substituído no cargo por Bruno Funchal, hoje secretário do Tesouro, informaram duas fontes do governo à Reuters.

Segundo uma das fontes, Jeferson Bittencourt, assessor especial no Ministério da Economia, onde é servidor de carreira, é um dos cotados para assumir o comando do Tesouro.

+ Gastos com pandemia fora do teto em 2021 já somam R$103 bi, diz Funchal

Waldery entrou na mira do presidente Jair Bolsonaro no ano passado, quando falou em entrevista sobre intenção da equipe econômica de propor congelamento de aposentadorias e pensões. Na ocasião, o presidente disse que daria “cartão vermelho” a quem propusesse corte de benefícios sociais.



Os desgastes aumentaram nas últimas semanas em meio às discussões em torno do Orçamento de 2021, segundo uma das fontes.

A equipe econômica foi bastante enfática nas críticas à lei orçamentária aprovada pelo Congresso, que subestimou as despesas obrigatórias do governo, tornando o Orçamento inexequível, segundo o governo.

Para contornar o impasse, foram negociados vetos a emendas parlamentares e a despesas discricionárias do governo, em processo tocado principalmente pela secretaria especial de Fazenda, a que é vinculada a secretaria de Orçamento.

Procurado, o Ministério da Economia não comentou a saída de Waldery.

O economista Funchal, que assumirá agora o cargo de número 2 na Economia, foi nomeado secretário do Tesouro em meados do ano passado, com a saída do governo de Mansueto Almeida, que foi para a iniciativa privada. Ex-secretário de Fazenda do Espírito Santo no governo de Paulo Hartung, Funchal veio para a Economia já no governo Bolsonaro, assumindo inicialmente a função de diretor de programas.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago