Giro

Voo ‘para lugar nenhum’ para ver a Superlua esgota em tempo recorde

Crédito: Reprodução/Unsplash

Companhia aérea australiana ofereceu um voo "para lugar nenhum" para poder ver a lua superlua a 12 quilômetros da superfície. (Crédito: Reprodução/Unsplash)

No dia 26 de maio, uma  Superlua será a protagonista de um fenômeno que pode ser visto em grande parte do mundo. Assim, na Austrália,  uma companhia aérea ofereceu um voo “para lugar nenhum” para poder ver a lua superlua a 12 quilômetros da superfície. Em questão de minutos, os ingressos se esgotaram.

Os ingressos colocados à venda pela Qantas custam US$ 386, pouco mais de 2.100 reais. Enquanto isso, a aeronave escolhida para a experiência é um  Boeing 787 Dreamliner por ser aquele com as maiores janelas de toda a frota Quantas.

+ Superlua, Lua Nova e Lua de Sangue Fenômenos marcam o mês de maio

As viagens “para lugar nenhum” são voos que partem e terminam na mesma cidade, proporcionando aos passageiros experiências no céu ao longo da viagem. Nesse caso, o passageiro sairá de Sydney e voltará para o mesmo lugar.

Se antes dessas viagens ofereciam uma visão panorâmica de diferentes partes do país, este voo em particular visa que o passageiro possa observar com clareza e acima das nuvens a Superlua, fase da lua cheia em que o satélite está no perigeu ou mais próximo da Terra, portanto, parece maior e mais brilhante.

De algumas partes do mundo, a Lua parecerá assumir uma tonalidade avermelhada devido ao eclipse lunar total. Conforme a Lua passa pela sombra da Terra, ela parecerá mais escura e mais vermelha. “A cor vermelha vem da luz do sol filtrada pela atmosfera da Terra, um anel de luz criado por todos os amanheceres e entardeceres que ocorrem ao redor do nosso planeta naquela época”, diz o site da NASA.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Este eclipse em particular só será visível no Pacífico e na Austrália. Da Europa não será visível, e do continente americano será apenas parcialmente visto.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel