Economia

Volvo Group cortará 4.100 empregos no mundo por impacto do coronavírus

Volvo Group cortará 4.100 empregos no mundo por impacto do coronavírus

Segundo a Volvo, os 4.100 postos afetam trabalhadores administrativos - TT NEWS AGENCY/AFP/Arquivos

A fabricante sueca de veículos pesados Volvo Group, uma das líderes mundiais do setor, anunciou nesta terça-feira (16) sua intenção de cortar 4.100 empregos administrativos no mundo durante o segundo semestre de 2020, devido ao impacto econômico da pandemia de coronavírus.

“A epidemia de coronavírus e as medidas adotadas em nível mundial para contê-la provocaram uma situação no mercado com sérias repercussões em nosso setor”, explicou o diretor-geral do grupo, Martin Lundstedt, em uma nota.

+ Volvo e Daimler se unem para produção de células de combustível em caminhões
+ A ofensiva antifóssil da Volvo 

Segundo a Volvo, os 4.100 postos afetam trabalhadores administrativos, dos quais 15% são consultores. Cerca de 1.250 trabalham na Suécia, diz o grupo, que não especificou os outros países afetados.

No final de março, o grupo empregava cerca de 99.000 pessoas, incluindo trabalhadores temporários e consultores.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel