Economia

Volume de negócios na Agrishow deve aumentar de 5% a 8% em 2018

O volume de negócios realizados na edição deste ano da Agrishow, uma das principais feiras de tecnologias agrícolas do País, deve aumentar de 5% a 8%, disse ao Broadcast Agro o presidente da Agrishow, Francisco Matturro.

“Esse resultado inclui diversos segmentos da agropecuária, mas deve ser puxado pelas vendas de máquinas agrícolas, que devem aumentar durante o evento nesta mesma proporção”, comentou Matturro. Em 2017, foram fechados durante o evento negócios que totalizaram R$ 2,2 bilhões.

A Agrishow será realizada de 30 de abril a 4 de maio deste ano em Ribeirão Preto (SP).

Uma novidade da feira será a apresentação de uma fazenda de 44 mil hectares que adotará o sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), no qual diversas culturas agrícolas e a atividade pecuária são desenvolvidas na mesma área, juntamente com a preservação de áreas de floresta.

“Será uma fazenda real, onde faremos o monitoramento dos custos de produção de culturas agrícolas e da atividade pecuária, os lucros, resultados, rendimento, tudo. A implantação do projeto ocorrerá ao longo de quatro ciclos de três anos, ou seja, 12 anos no total”, comentou Matturro. No Brasil, disse ele, 13,3 milhões de hectares já adotam o sistema ILPF e até o fim de 2018 a área total deve chegar a 14 milhões de hectares.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel