Negócios

Volkswagen suspende operações em SP e no Paraná por 10 dias por falta de chips

Crédito: Amanda Perobelli/Reuters

Fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP) (Crédito: Amanda Perobelli/Reuters)

SÃO PAULO (Reuters) – A Volkswagen anunciou nesta sexta-feira que suspenderá por 10 dias a fabricação de veículos em duas unidades de São Paulo e outra no Paraná, devido à falta de chips.

Em nota, a companhia afirmou que tem tentado minimizar no Brasil os efeitos da escassez de semicondutores que atinge a produção de veículos no mundo.

+ Fusca foi mote para produção de veículos 1.0

+ Mineradora investe R$ 859 milhões para produção de lítio no Vale do Jequitinhonha



“Entretanto, o cenário atual não demonstra o encaminhamento para uma solução definitiva visando a normalização do fornecimento de chips. Ao contrário, há sérios riscos de agravamento dessa situação nas próximas semanas”, afirmou a empresa no documento.

Por isso, a montadora alemã anunciou que vai paralisar as operações de suas fábricas de São Bernardo do Campo e São Carlos (SP) e de São José dos Pinhais (PR) a partir de 21 de junho, por 10 dias.

“Novas paralisações não estão descartadas futuramente caso o cenário global de fornecimento de semicondutores permaneça crítico, impactando diretamente as atividades de produção da empresa no Brasil”, acrescentou a empresa.

 

(Reportagem de Marcelo Rochabrun)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5A16Y-BASEIMAGE

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago