Negócios

Vivendi tem queda do lucro em 2020, mas receita do conglomerado francês sobe

A Vivendi informou nesta quarta-feira que seu lucro líquido registrou queda de 8,9% em 2020, a 1,44 bilhão de euros. A receita do conglomerado francês, por sua vez, recuou 2% no quarto trimestre, na comparação com igual período de 2019, mas subiu 1,2% no ano como um todo, em relação aos 12 meses anteriores, a 16,09 bilhões de euros. O faturamento aumentou em meio a um crescimento em seus principais negócios, a Universal Music Group, o Canal+ Group e a Editis, que reúne editoras.

Analistas esperavam receita menor em 2020, de 15,99 bilhões de euros, além de lucro líquido de 1,24 bilhão de euros. “A Vivendi monitora continuamente as consequências atuais e potenciais da crise. É difícil neste momento determinar como ela impactará os resultados da Vivendi em 2021”, disse a empresa em um comunicado.

Fonte: Dow Jones Newswires



Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km