Sustentabilidade

Vinícola francesa que destruiu habitat de tartaruga protegida é multada

Vinícola francesa que destruiu habitat de tartaruga protegida é multada

Tartarugas nascem e correm para o mar em Fréjus, sudeste da França - AFP/Arquivos

Uma vinícola foi punida nesta sexta-feira (25) com uma multa de 10.000 a 50.000 euros pela destruição por desmatamento de uma área do habitat da tartaruga mediterrânea, uma espécie protegida que tem no sudeste da França um de seus últimos santuários.

As multas -50.000 euros para a vinícola Château Lauzade, 15.000 euros para o proprietário Pierre Sénéclauze, 30.000 euros para a empresa responsável pelo desmatamento- foram mais altas que as requeridas na audiência em junho.

Estas multas ilustram uma recente tendência da justiça francesa em punir com maior rigor os delitos ambientais.

Especialistas ressaltam, porém, que somente a obrigação de restaurar a área destruída poderia dissuadir outros viticultores de ignorar as obrigações legais, nesta região situada próxima à reserva natural nacional de La Plaine des Maures.

“É, de qualquer maneira, uma boa surpresa em termos de punição, porque, até hoje, sempre foi complicado demonstrar a gravidade deste tipo de infração”, explicou à AFP Patrice Martin, agente do Escritório francês de Biodiversidade, que deu início ao processo em 2016. Outros casos similares estão sendo investigados.

Proprietários de vinícolas sofrem com a tentação de desmatar áreas virgens para plantar novos vinhedos, já que o departamento de Var, na Costa Azul, se beneficia há 20 anos do sucesso do vinho “Côte de Provence”.

Contudo, este departamento é um dos mais ricos da França em termos de biodiversidade e de áreas sob proteção ambiental.

Trata-se de um dos últimos locais no mundo onde ainda vivem tartarugas mediterrâneas (Testudo Hermanni). Na França, também vivem na Córsega. Esta espécie, que hiberna se enterrando no solo, é considerada vulnerável na lista vermelha nacional de espécies ameaçadas de extinção.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”

+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?