Giro

Vídeo mostra Pazuello negociando Coronavac pelo triplo do preço, diz jornal

Crédito: AFP

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (Crédito: AFP)

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, negociou a compra de 30 milhões de doses da Coronavac pelo triplo do preço negociado pelo Instituto Butantan, o responsável pela fabricação do imunizante chinês no Brasil. As informações foram publicadas na Folha de S. Paulo.

Além do alto preço, o caso expõe uma contradição do general da ativa, já que, em depoimento a CPI da Covid, disse que enquanto ministro jamais havia negociado com qualquer empresa.

Segundo o jornal, a negociação ocorreu em 11 de março e não consta da agenda oficial do ministério. Um vídeo, que circula no Twitter, registra a reunião entre o general e quatro representantes da empresa World Brands, de comércio exterior, baseada em Santa Catarina. A reunião teria acontecido no gabinete do então secretário-executivo da pasta, o coronel da reserva Elcio Franco – apontado como pivô no escândalo da Covaxin.

+ Presidente despacha por videoconferência em hospital em SP



Veja o vídeo abaixo:

Pela proposta da World Brands, as 30 milhões de doses da Coronavac seriam obtidos pelo preço unitário de US$ 28 a dose, segundo os documentos obtidos pelo jornal. Naquele dia, o governo havia anunciado, dois meses antes, a compra de 100 milhões de doses da Coronavac através do Instituto Butantan, pelo preço de US$ 10 a dose.

“Já saímos daqui hoje com o memorando de entendimento já assinado e com o compromisso do ministério de celebrar, no mais curto prazo, o contrato para podermos receber essas 30 milhões de doses no mais curto prazo possível para atender a nossa população”, diz Pazuello.

Pazuello foi demitido quatro dias após o encontro, no dia 15 de março.

À CPI da Covid, Pazuello se colocou como um “decisor” e que ministro não pode negociar com empresas. Na oportunidade, o general se referia aos e-mails não respondidos da Pfizer, que ofereceu vacinas ao governo em 2020.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago