Giro

Via Láctea pode estar cheia de planetas com oceanos e continentes

Crédito: Pixabay

O estudo indica que partículas milimétricas de poeira de gelo e carbono se acumularam em formação, o que mais tarde se tornaria a Terra. (Crédito: Pixabay)

A água era uma parte essencial dos componentes básicos da Terra. Como sua molécula ocorre com frequência, há uma probabilidade razoável de que se aplique a todos os planetas da Via Láctea.

Essa é a conclusão de um novo estudo do Instituto GLOBE da Universidade de Copenhagen, na Suíça, que usou um modelo de computador para calcular a rapidez com que os planetas se formam e a partir de quais blocos de construção.

+ Estamos diante da diversidade cósmica, diz astrônomo sobre exoplanetas

O estudo, publicado na Science Advances, indica que se tratavam de partículas milimétricas de poeira de gelo e carbono, conhecidas por orbitarem todas as estrelas jovens da Via Láctea, que 4,5 bilhões de anos atrás se acumularam em formação, do que mais tarde se tornaria a Terra.



A teoria, chamada de ‘acréscimo de seixos’, é que os planetas são feitos de seixos que se aglomeram e os planetas ficam cada vez maiores. Chama-se seixo a todo fragmento de mineral ou de rocha, menor do que bloco ou rocha e maior do que grânulo

Anders Johansen, professor do Centro de Formação de Estrelas e Planetas do Instituto GLOBE, explicou que a molécula de água H2O é encontrada em toda a nossa galáxia e que, portanto, a teoria abre a possibilidade de que outros planetas se formaram da mesma forma que a Terra, Marte e Vênus.

Se os planetas em nossa galáxia tiverem os mesmos componentes básicos e as mesmas condições de temperatura da Terra, também haverá uma boa chance de que tenham aproximadamente a mesma quantidade de água e continentes que nosso planeta.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel