Giro

Verstappen ignora vaias do público em Silverstone



Por Alan Baldwin

SILVERSTONE, Inglaterra (Reuters) – O campeão da Fórmula 1 Max Verstappen minimizou as vaias da torcida depois de ter se classificado na primeira fila do Grande Prêmio da Inglaterra neste sábado, enquanto a rival Mercedes pediu aos fãs que tivessem mais respeito.

Verstappen, da Red Bull, e o sete vezes campeão mundial Lewis Hamilton, da Mercedes, colidiram em Silverstone no ano passado, com o britânico vencendo depois que o piloto holandês se retirou da corrida.

A temporada terminou em grande controvérsia em Abu Dhabi, depois que uma mudança tardia no procedimento do safety car efetivamente entregou o título a Verstappen e deixou Hamilton e seus fãs se sentindo roubados.




“Se eles querem vaiar, eles vaiam. Para mim, isso não vai mudar nada”, disse Verstappen, que ficará em segundo lugar atrás de Carlos Sainz, da Ferrari, no domingo.

O líder do campeonato, que foi aplaudido quando percorreu o circuito, disse que as vaias foram decepcionantes porque dificultaram ouvir as perguntas feitas pelo piloto britânico duplamente amputado, Billy Monger.

“Estou feliz por estar sempre aqui. É uma grande pista, uma grande atmosfera em geral. Talvez alguns deles não gostem de mim. Tudo bem. Todos eles têm suas próprias opiniões e eu não me importo”, disse ele. 


Hamilton, que foi vaiado pelos torcedores de Verstappen na Hungria no ano passado com o jovem holandês dizendo que não cabia a ele dizer à torcida o que fazer, disse que não concorda com as vaias.

“Não precisamos fazer isso. Devemos estar aqui incentivando todo mundo”, disse o britânico aos repórteres.

“Mas eu realmente valorizo o apoio que tenho aqui, e talvez alguns deles ainda estejam sentindo a dor do ano passado. Então, de qualquer forma, agradeço.”

(Por Alan Baldwin)