Negócios

Vendas via e-commerce aumentam 22,9% em julho, segundo levantamento

O aumento de pedidos foi de 22,4%, com o ticket médio tendo ficado praticamente estável em relação ao mesmo período de 2018, na casa de R$ 398

Crédito: Istoé Dinheiro

Na primeira quinzena deste mês, foi registrada alta de 30% a 40% nos pedidos online em relação ao igual período do ano passado, segundo entidades do setor (Crédito: Istoé Dinheiro)

As vendas via comércio eletrônico no Brasil teve alta de arrecadação de 22,9% em julho na comparação do mesmo mês no ano anterior segundo levantamento da Compre & Confie. O total movimentado foi de R$ 5,6 bilhões. A alta representou crescimento de quase 14 milhões no total de compras via e-commerce no sexto mês do ano. O aumento de pedidos foi de 22,4%, com o ticket médio tendo ficado praticamente estável em relação ao mesmo período de 2018, na casa de R$ 398.

A região Sudeste foi responsável por 65,5% das vendas no período, seguida pelas regiões Sul e Nordeste, com 14,3% e 12,3% respectivamente, segundo a Compre & Confie, movimento criado por gigantes do varejo com comércios digitais que buscam aumentar a segurança de transações na internet garantindo indicando e-commerce com boas práticas.

O setor de moda e acessórios foi responsável pela maior participação no número de vendas, com 22,7%, mas sendo a segunda categoria que mais fatura, com 12,8% do total. O segmento líder em faturamento é o de eletrodomésticos e ventilação, com 25,5%.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel