Economia

Vendas pelo comércio eletrônico cresceram 11% entre janeiro e junho, diz Visa

O isolamento social, adotado por conta da pandemia do novo coronavírus, reduziu a atividade presencial do comércio, abrindo espaço para as vendas em plataformas digitais, segundo indica um levantamento feito pela Visa. A pesquisa aponta que, na comparação entre janeiro e junho deste ano, o número de transações feitas pela operadora no e-commerce brasileiro cresceu 11%, enquanto o tíquete médio dessas operações aumentou em 12%.

Segundo a Visa, a expansão do e-commerce não se restringiu ao Brasil. No Reino Unido, as transações no comércio eletrônico aumentaram 16%, enquanto o valor do tíquete médio foi 3% maior.

Na Argentina, onde a modalidade ainda não é “tão desenvolvida”, de acordo com nota da empresa, houve um crescimento acima de 100% das vendas digitais.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel