Economia

Vendas no varejo crescem 9,5% em junho, mostra índice da Cielo

Vendas no varejo crescem 9,5% em junho, mostra índice da Cielo

Avanço da vacinação e reabertura de comércios estimulou o crescimento das vendas no varejo em relação a 2020

SÃO PAULO (Reuters) – As vendas no varejo brasileiro cresceram 9,5% no mês passado frente ao mesmo período de 2020, em dados que descontam a inflação, mostrou nesta quinta-feira o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), que monitora mensalmente 1,4 milhão de varejistas credenciados à empresa de meios de pagamentos.

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, houve aumento de 23,3% na mesma base de comparação. Efeitos de calendário beneficiaram o resultado de junho deste ano.

+ UE propõe proibição de vendas de carros a combustão a partir de 2035

+ PF prende acusado de vender espécies brasileiras ameaçadas



De acordo com Pedro Lippi, chefe de Inteligência da Cielo, ocorreu uma desaceleração frente aos meses anteriores, associada a efeitos de base de comparação. Em junho do ano passado, o varejo experimentava recuperação ante o maior impacto da pandemia, observado em abril.

“O resultado de junho de 2021, no entanto, segue a tendência dos meses anteriores, em patamar próximo ao observado antes do início da pandemia”, acrescentou.

(Por Paula Arend Laier)

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago