Economia

Vendas do varejo avançam 1,40% em agosto frente a julho, diz Boa Vista

O Indicador Movimento do Comércio, calculado pela Boa Vista, apontou alta de 1,40% no desempenho das vendas no varejo em agosto na comparação com julho. Em relação a igual período de 2018, o crescimento foi de 1,20% e, no acumulado dos últimos 12 meses, a alta é de 1,30%.

Na margem, todos os seguimentos do varejo registraram crescimento nas vendas. O setor de móveis e eletrodomésticos registrou o maior avanço na comparação com julho, de 1,90%.

Também contribuíram para o resultado do índice supermercados, alimentos e bebidas, com alta de 1,30%, e tecidos, vestuários e calçados, cujas vendas cresceram 1,10%.

Na comparação com agosto de 2018, móveis e eletrodomésticos também são o destaque, com alta de 2,90% nas vendas, acompanhados por tecidos, vestuários e calçados, que avançaram 2,60%. Apenas combustíveis e lubrificantes registram baixa nas vendas, com uma redução de 1,80%.

Segundo a Boa Vista, o Indicador de Movimento de Comércio continua a oscilar, mas já há sinais de consolidação de uma tendência de aceleração. A expectativa é de que a liberação do saque de recursos do FGTS ajude a manter uma alta nas vendas.

O Indicador Movimento do Comércio da Boa Vista é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da empresa por estabelecimentos do setor varejista.