Economia

Vendas da indústria de materiais de construção sobem 3,1% em julho

As vendas da indústria de materiais de construção no País em julho cresceram 6,1% em relação a junho e subiram 3,1% frente ao mesmo mês do ano anterior. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), que já considera números deflacionados.



No acumulado entre janeiro e julho de 2019, as vendas tiveram alta de 2,3% em comparação com o mesmo período de 2018. E nos últimos 12 meses até julho, as vendas cresceram 1,6% em relação aos 12 meses anteriores.

Os resultados positivos estão relacionados, principalmente, ao bom desempenho das vendas da indústria para o varejo, algo que reflete o aumento do otimismo das famílias, conforme avaliação da Abramat. Esse otimismo pode ter ganhado fôlego diante das notícias sobre a liberação de saques do FGTS.

A associação estima que as vendas da indústria de materiais de construção tenham um crescimento de 1,5% em 2019 frente a 2018.

A pesquisa mostrou também que o emprego formal da indústria em julho apresentou alta de 0,2% ante junho e crescimento de 0,7% ante julho de 2018. No acumulado do ano, a alta foi de 0,7%, e em 12 meses, houve expansão de 1,4%.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022




Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto