Estilo

Veloz como nunca, sem perder o encanto

Sétima edição do Porsche 911 GT3 traz tecnologia e performance de carro de corrida. Com preço de R$ 1,1 milhão na Europa, Ele chega ao Brasil este ano.

Crédito: Thomas Strogalski

A Porsche agitou o mercado automotivo internacional na semana passada com a apresentação da sétima geração da família 911 GT3. Dois anos após o lançamento da versão atual, o novo modelo foi desenvolvido com a colaboração da Motorsport, divisão de competições da marca alemã, o que tornou possível a transferência da tecnologia utilizada nos modelos de corrida para a linha de produção. O resultado é um esportivo de alto desempenho. Um carro para brilhar nas pistas, ruas ou estradas.

Os traços genéticos da família 911 se evidenciam pelo uso de tecnologias idênticas às que equipam as versões de corrida. Que o diga o visual do eixo dianteiro, com braços transversais duplos, legado do 911 RSR, o carro de corrida GT mais testado de todos os tempos. Outro destaque é a vistosa asa traseira estilo ‘pescoço de cisne’, feita de plástico reforçado com fibra de carbono, com um imponente difusor. O motor 4.0 boxer aspirado de seis cilindros, que gera 510 cavalos, foi inspirado no propulsor do 911 GT3R, testado em corridas de resistência.

Outra herança é o câmbio PDK, ou Porsche-Doppelkupplung, caixa automática de dupla embreagem e sete marchas. Ela proporciona mais suavidade nas trocas e rapidez no ganho de aceleração, levando o novo superesportivo de zero a 100 km/h em 3,4 segundos. Para atender ao gosto dos pilotos mais conservadores, a Porsche não abdicou do câmbio manual de seis marchas.

EXCLUSIVO O Porsche 911 GT3 Chronograph (acima) só pode ser adquirido por quem comprar o carro de câmbio manual, que vai de zero a 100 km/h em apenas 3,4 segundos. (Crédito:Divulgação)

Capaz de atingir a velocidade máxima de 320 km/h, a sétima edição do 911 GT3 é ainda mais rápida que a anterior, a 911 GT3 RS. A primeira versão da série foi apresentada em 1999 para substituir o Carrera RS. Com motor boxer de 3,6 litros e 360 cavalos, o RS foi o primeiro esportivo a completar uma volta em menos de oito minutos no autódromo alemão de Nürburgring Nordschleife, considerado o mais desafiador do mundo. O novo Porsche 911 GT3 definiu o tempo de volta na pista lendária em 6min55,2s. Essa marca o posiciona 17 segundos à frente do último 911 GT3 e o deixou atrás apenas do tempo de carro de produção em série mais rápido, cumprido pelo Mercedes-AMG GT Black Series, em 6min43,616s.

BIELA DE PULSO Para fazer par com o carro, a empresa alemã lançou o relógio Porsche 911 GT3 Chronograph, exclusivo para os proprietários do GT3. A peça é produzida a partir do mesmo material das bielas do motor, com titânio leve e robusto. Da caixa às pulseiras, dos ponteiros à moldura, o cronógrafo pode ser totalmente personalizado por meio de um configurador on-line.

Divulgação

A previsão é de que as primeiras unidades da nova versão do Porsche 911 GT3 sejam entregues a partir de maio no mercado europeu, com preço inicial de 167,5 mil euros, ou cerca de R$ 1,1 milhão pela conversão atual. No Brasil, o novo modelo deve chegar no segundo semestre, apenas na versão com câmbio PDK.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel