Economia

Veja como vai funcionar o auxílio-doença em 2021

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O tempo, em média, é de 45 dias corridos para a prestação do serviço (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Os segurados do auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão que agendar uma perícia médica nas agências da Previdência Social para a prorrogação do benefício, devido ao fim da antecipação dos pagamentos que ocorreu no final de 2020.

De acordo com o INSS, para agendar, o cidadão deve entrar em contato por meio do telefone 135, site ou aplicativo do instituto. É possível checar quais agências estão abertas pelo site do INSS. Caso o segurado não consiga ir à perícia médica no dia e hora agendados, ele pode remarcar.

+ Auxílio emergencial chega ao fim e senadores cobram governo federal

Quem pode utilizar este serviço?



Os beneficiários que estejam doentes e incapazes para o trabalho.

Qual a documentação necessária?

O número do CPF é necessário para agendar. No momento da perícia, o beneficiário deve levar:

-Documentos pessoais originais do interessado com foto (RG, CNH ou CTPS);

-Documentos médicos originais (exames, laudos, receitas);

-Procuração ou termo de representação legal (tutela, curatela, termo de guarda), se houver;

-Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do procurador ou representante, se houver.

Quanto tempo leva?

O tempo leva, em média, 45 dias corridos para a prestação do serviço, segundo o INSS.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel