Economia

Confira como se cadastrar para receber auxílio emergencial de R$ 600

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O site e o aplicativo da Caixa já estão disponíveis para cadastro (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)


Após quase uma semana sancionado, o governo federal detalhou nesta terça-feira (7) como os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), intermitentes e autônomos poderão acessar o auxílio emergencial de R$ 600.

O benefício deverá ajudar mais de 40 milhões de pessoas que foram de algum forma atingidas pelo coronavírus. Com as atividades paradas em boa parte do País, devido aos decretos de isolamento social, a medida vai dar algum respiro para quem está com a renda diminuída.

O site e o aplicativo da Caixa já estão disponíveis para cadastro. Para acessar o portal clique aqui. O app “Caixa Auxílio Emergencial” pode ser baixado na Apple Store, para usuários do sistema iOS, aqui e na Play Store, para usuários do sistema Android, aqui.


+ Veja calendário de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600

+ Governo tenta MP para permitir empresa endividada tomar empréstimo, diz Mansueto

Vale lembrar que apenas microempreendedores, trabalhadores autônomos e intermitentes deverão se cadastrar no site. Quem é adepto do Bolsa Família, ou está no Cadastro Único, o governo vai usar os dados cadastrados nestes dois sistemas para efetuar os depósitos do subsídio.

Para saber se você se encaixa no grupo que receberá o auxílio, leia mais aqui.

Siga estas etapas para cadastrar seu pedido no sistema do governo e ter direito ao recebimento das três parcelas de R$ 600 reais:

1 – A primeira página do site já explica quem pode acessar o benefício e como ele vai funcionar para os trabalhadores que estejam de quarentena em casa.

 

2 – Na página seguinte, mais regras e indicações do tipo de público que o governo vai ajudar com a medida. Se você atende os requisitos, aceite os termos propostos pelo banco federal e prossiga.

 

3 – Aqui você começa a realizar seu cadastro, informando nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

 

4 – Agora informe seu número de celular e aguarde um SMS com o código de prosseguimento no cadastro.

 

5 – Digite o código que foi enviado por SMS no seu celular

6 – No passo seguinte do cadastro você vai informar sua atividade profissional e salário mensal.

 

7 – Aqui você vai informar quantas pessoas moram na sua casa e os CPFs de cada um. Os seus dados já estão cadastrados.

 

8 – Agora você vai escolher por receber o auxílio emergencial por meio de uma conta da Caixa (caso você tenha alguma pendência financeira, o auxílio vai cobrir a dívida no banco) ou pela conta digital criada pelo governo para quem não é cliente do banco.

9 – Caso você opte por receber o auxílio na Caixa, será preciso informar os dados da conta e seguir o cadastro. 

 

10 – Para quem abrir uma conta digital, é necessário informar o número do RG ou da carteira de habilitação.

11 – Por fim, o sistema pede para você conferir as informações pessoais, os dados das pessoas que moram na sua casa e os dados bancários. Após isso, a solicitação será enviada para o sistema do governo e passará por uma avaliação de validade do pedido. Para saber se foi aceito, é possível acompanhar o pedido na página inicial do Auxílio Emergencial.