Economia

Veja calendário de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600

Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Site e aplicativo da Caixa servirão para cadastrar MEIs e informais (Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O governo federal anunciou nesta terça-feira (7) o calendário de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para microempreendedores individuais (MEI), trabalhadores informais, intermitentes e pessoas que recebem o Bolsa Família ou estão no Cadastro Único.

Serão três parcelas de R$ 600 cada, podendo subir para R$ 1,2 mil no caso de mulheres que chefiam a família. Vale ressaltar que as parcelas estarão disponíveis nas datas fixadas, podendo ser acessadas quando o beneficiário quiser. Além disso, o governo garantiu que quem não conseguir acessar o site de cadastro nos próximos dias terá as parcelas depositadas posteriormente.

+ Governo lança site e app para auxílio emergencial de R$ 600 aos informais e MEI
+ Se pessoa pedir auxílio daqui 60 dias, ela terá direito às 3 parcelas, diz Onyx

+ Endividamento das famílias bate recorde e 2 milhões pedem para adiar pagamentos

Veja abaixo o calendário:

Um primeiro grupo, que possui conta poupança na Caixa Econômica Federal e conta corrente no Banco do Brasil, além dos inscritos no Bolsa Família e no CadÚnico, receberá a primeira parcela do auxílio já na quinta-feira (9). Os informais, que se cadastrarem agora, receberão o auxílio em cinco dias úteis, após análise técnica do governo. A expectativa é que todos os cadastrados estejam com a primeira parcela do subsídio depositado em conta até o final do mês.

A segunda parcela será paga entre os dias 27, 28,29 e 30 de abril, seguindo mês de nascimento do cadastrado como referência. A última parcela será efetuada aos trabalhadores entre os dias 26, 27, 28 e 29 de maio, nos mesmos critérios da segunda parcela.

As datas divulgadas hoje só se adequam a quem acessar o benefício por meio das contas digitais que a Caixa criou. Os prazos para saque serão definidos pelo governo e anunciados apenas na semana que vem, segundo informou nesta terça-feira o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

As contas digitais atenderão aos clientes de bancos privados, que não tenham conta na Caixa ou no Banco do Brasil, ou pessoas que não tenham qualquer tipo de conta bancária.

O site para cadastro na Caixa pode ser acessado aqui. O app “Caixa Auxílio Emergencial” pode ser baixado na Apple Store, para usuários do sistema iOS, aqui e na Play Store, para usuários do sistema Android, aqui. Pessoas que estejam sem crédito no celular poderão acessar o aplicativo de graça, segundo o presidente da Caixa afirmou durante a coletiva.

Logo após o lançamento do site, o servidor ficou fora do ar devido o tráfego de usuários que tentavam se cadastrar.

Caso você tenha alguma dúvida referente ao auxílio ou ao cadastro, o governo criou uma central de atendimento telefônico, com o número 111.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança