Ciência

Varíola dos macacos: Argentina investiga primeiro caso da doença no país

Crédito: AFP

Os macacos podem transmitir a varíola aos humanos (Crédito: AFP)


A Argentina está investigando o primeiro caso de varíola transmitida pelos macacos no País, segundo o Ministério da Saúde argentino divulgou neste domingo (22). Esse é o primeiro caso relacionado à doença na América do Sul.

Um morador de Buenos Aires entrou em contato com o serviço de saúde local para comunicar que estava com sintomas compatíveis com o da varíola dos macacos e apresentava pequenas feriadas em partes do corpo.

+ OMS espera que mais casos de varíola dos macados surjam globalmente

Outro fator que chamou atenção é que ele estava em viagem pela Espanha, um dos países da Europa que estão lidando com casos da doença – ele retornou da viagem no dia 16. Segundo o comunicado do governo argentino, o paciente está bem, isolado e recebendo tratamento para os sintomas.



Transmissão da varíola

A varíola dos macacos é transmitida pela proximidade com uma pessoa infectada, o vírus entra no corpo pelo sistema respiratório, olhos, nariz, boca ou por lesões na pele. Apesar disso, a doença não se espalha facilmente.

Os modos de infecção mais comuns são: a tosse ou espirro de pessoas com varíola dos macacos; o contato com bolhas ou feridas na pele dos doentes ou o contato com roupas, lençóis e toalhas de infectados.

Sintomas da varíola

Após a infecção inicial, a doença costuma se manifestar entre 5 e 21 dias, com sintomas como febre, dor de cabeça, dor nas costas ou musculares, inflamações nos nódulos linfáticos, calafrios e exaustão. As erupções surgem na região da face e depois se espalham pelo resto corpo, como acontece na catapora.


A coceira é persistente e dolorida e passa por diferentes estágios, podendo parecer catapora ou sífilis, antes de finalmente formar uma crosta até cair.







Tópicos

África Biomedicina brasileiro Alemanha varíola brasileiro varíola calafrios Características vírus varíola do macaco casos da varíola dos macacos cepa África Ocidental cepa do Congo disseminação Varíola doença endêmica África doença varíola mais comum África doença viral doenças virais dor de cabeça dores musculares dores nas costas erupção Espanha Estados Unidos exaustão exposição Varíola febre gays genoma Inglaterra lgbtqia+ linfonodos inchados Londres Monica Debolle OMS organização mundial da saúde origem da varíola dos macacos pesquisa varíola do macaco porque a variola dos macacos tem esse nome? Portugal primeiro brasileiro varíola macacos Reino Unido saúde Sequenciamento de genoma Vírus da Varíola do macaco sintomas da varíola sintomas varíola febre erupção cutânea Transmissão da varíola varíola varíola do macaco é grave? Varíola do macaco na europa varíola do macaco no Brasil varíola dos macacos varíola dos macacos áfrica varíola dos macacos brasil varíola dos macacos brasileiro contaminado varíola dos macacos congo varíola dos macacos cura varíola dos macacos duração varíola dos macacos erupções varíola dos macacos medicamentos varíola dos macacos mortes varíola dos macacos nome varíola dos macacos órgãos varíola dos macacos pele varíola dos macacos remédios varíola dos macacos sintomas varíola dos macacos tratamento varíola Europa varíola existe vacina varíola imunidade varíola mortalidade varíola vacina vírus vírus varíola do macaco