Giro

Variante indiana: 29% das pessoas que morreram estavam vacinadas

Crédito: Reprodução/Unsplash

Órgão inglês constatou que 29% dos 42 britânicos que morreram com a variante Delta da covid-19 estavam totalmente vacinados com duas doses. (Crédito: Reprodução/Unsplash)

Um novo estudo da Direção Geral de Saúde Inglesa (Public Health England) traz conclusões preocupantes para o Reino Unido e para o resto do mundo, tendo constatado que 29% dos 42 britânicos que morreram com a variante Delta (indiana) da covid-19 estavam totalmente vacinados com duas doses.

+ Brasil tem 55,7 milhões de vacinados contra covid com a 1ª dose; 26% da população

O estudo, divulgado pela comunicação social britânica na sexta-feira(11) antes de o Governo britânico ter adiado o desconfinamento do país por mais quatro semanas, conclui que a variante Delta aumenta em 64% o risco de transmissão familiar quando comparada com a variante Alpha. Os cientistas acreditam também que esta variante é 40% mais contagiosa.

A variante Delta é dominante no Reino Unido, representando já 90% dos casos. No entanto, o órgão considera “encorajador” observar que a progressão da variante não é acompanhada por um aumento das hospitalizações nas mesmas proporções.



Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago