Ciência

Variante Alfa pode infectar e ser transmitida por vacinados

Crédito: CDC / Wikipedia

A vacinação previne casos graves, mas não impede o desenvolvimento e a transmissão da variante alfa (Crédito: CDC / Wikipedia )

A vacinação previne casos graves, mas não impede o desenvolvimento e a transmissão da variante alfa do novo coronavírus. A conclusão é baseada no sequenciamento genético das cepas que contaminaram moradores e funcionários de duas casas de repouso de Campinas, no interior paulista, em dois surtos de transmissão da variante alfa do novo coronavírus.

Os infectados, com média de idade acima de 70 anos, tomaram uma dose da vacina da AstraZeneca ou as duas da CoronaVac. Foi registrado um único óbito de uma pessoa de 84 anos com mal de Alzheimer, informa a agência de notícias da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

“Os resultados mostram que pessoas que foram vacinadas podem se infectar com a variante alfa e, independentemente de ter a doença ou não, transmitir o vírus a quem ainda não foi vacinado. Isso é preocupante porque pode gerar um gargalo de seleção para linhagens que podem voltar a causar a doença mesmo em pessoas vacinadas. E mostra a importância de manter medidas de distanciamento social e o uso de máscara”, afirma ao portal de notícias José Luiz Proença Módena, professor do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (IB-Unicamp), que coordenou o estudo.

+ Butantan libera 1,5 milhão de doses da Coronavac ao PNI



O soro do sangue de pacientes vacinados com a CoronaVac criava menos anticorpos para a variante gama (P.1) do que para a linhagem original do vírus, indicando, portanto, que os vacinados poderiam potencialmente se infectar, indica um trabalho anterior do grupo.

A variante alfa pode infectar mesmo imunizados com as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, mostra estudo publicado em abril por pesquisadores da Universidade de Oxford. De acordo com o professor do IB-Unicamp, o trabalho é um dos primeiros relatos de uma dinâmica de transmissão de uma variante de preocupação do SARS-CoV-2 em pessoas vacinadas. “Ao mesmo tempo, com uma taxa de agravamento da doença muito baixa, muito menor do que esperaríamos de uma população com uma média tão alta de idade. Portanto, mostra um efeito protetor da vacinação para o desenvolvimento de COVID-19”, disse.

Os surtos foram contidos por causa do diagnóstico rápido e do isolamento imediato dos infectados pelo Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Campinas. Com isso, pouco mais da metade das populações estudadas foi infectada.

Os pesquisadores mediram a carga viral em vacinados infectados nos dois locais e verificaram que não houveram diferenças significativas entre as duas vacinas. Os cientistas avaliaram também a quantidade de anticorpos neutralizantes para a variante alfa nos que testaram positivo.

Segundo Módena, não foi encontrada correlação do quadro da doença com a quantidade de anticorpos neutralizantes. Quem teve sintomas tinha mais anticorpos do que os assintomáticos, provavelmente uma resposta à infecção e não às vacinas. “Isso quer dizer que a proteção não depende necessariamente apenas de anticorpos, mas de outros componentes da resposta imune induzida pela vacinação”, explica o pesquisador.

Detectada pela primeira vez no Reino Unido, em setembro de 2020, a variante alfa foi responsável pela segunda onda da pandemia no país e em outros da Europa. No Brasil, foi detectada pela primeira vez em dezembro de 2020 e comprovada em mais de dez estados.

O resultado dos estudo em Campinas mostra a proteção das vacinas para quadros graves de COVID-19, mas que é preciso vacinar a maior parte da população o mais rápido possível. Outra conclusão é que pessoas vacinadas devem continuar adotando medidas não farmacológicas, como uso de máscara e distanciamento social.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

120 mil doses de coronavac 80 milhões de doses a vacina do covid 19 foi aprovada ameaça global americanos adultos anticorpos contra a covid AstraZeneca astrazeneca vacina vencida astrazeneca variante delta baixo nível de imunização Biden brasileiros adultos Casa Branca Centro de Controle e Prevenção de Doenças chegada Sputnik coletiva de imprensa como é a variante Delta? Como ocorre a transmissão do novo coronavírus? compra de vacinas no brasil coordenador da força-tarefa da Casa Branca coronavac é eficaz contra variante delta coronavac eficácia coronavírus coronavírus Brasil covid covid quando não posso me vacinar? Delta Delta B.1.617.2 Devemos ficar em casa para nos proteger do coronavírus (COVID-19)? doaÇão de doses doação de vacina dose da vacina doses de imunizantes doses diferentes efeitos da vacina eficácia das vacinas Estados Unidos estudo EUA faixa etaria vacina covid sp governo americano Índia infecção covid israel restrições janssen janela de imunização janssen período de proteção janssen precisa de mais uma doze Jeff Zients liberação Sputnik mandemia balanço mundo média de casos de covid no Brasil média diária de casos de covid-19 média diária de casos de covid-19 nos Estados Unidos Ministério da Saúde morte por covid mortes por covid mortes por covid-19 nações de baixa renda Nature nova variante da covid-19 nova variante delta no brasil novo coronavírus o que é resposta imune? o que é transmissão comunitária? o que se sabe sobre a variante Delta? onde vacinar? países pobres pandemia balanço brasil pandemia balanço mundo Pfizer pfizer 3ª dose Posso me vacinar? pra que tomar 3ª dose? Prefeitura de São Paulo programa de imunização quais os sintomas da nova variante delta quais os sintomas da variante delta? Qual é o tempo de incubação do coronavírus? qual idade esta vacinando em sao paulo qual vacina precisa de 3ª dose? Qual vacina protege contra variante delta? Qual vacina protege contra variante indiana? qual vacina protege da variante delta? quantas pessoas foram vacinadas no Brasil? quantas pessoas foram vacinadas? Que cuidados devo ter em casa para evitar a transmissão se eu tiver um caso confirmado de COVID-19 em casa? resposta imune resposta imune Delta Plus resposta imune variante delta resposta imune variante Gamma revista Nature Rochelle Walensky SARS-CoV-2 sintomas da variante delta do coronavirus sintomas variante delta coronavirus sputnik anvisa Sputnik nordeste Sputnik recife Sputnik V no Brasil taxa de vacinação taxas de infecção vacina vacina 3ª dose vacinação balanço brasil vacinação cruzada vacinação no mundo vacinas balanço 2021 vacinas contra a covid-19 vacinas no brasil vacivida sp variante alfa variante alfa brasil variante alfa campinas variante alfa fapesp variante alfa transmissão variante alfa vacinas variante delta variante delta é mais letal? variante delta letalidade variante delta mundo variante delta no mundo variante delta qual vacina protege? variante delta reino unido variante delta sinais e sintomas variante indiana variante P.1 variante P1 variantes Variantes Covid-19