Black Friday

Varejista: veja 3 erros que você não pode cometer nessa Black Friday

Crédito: Foto de Nataliya Vaitkevich/Pexels

Data pode ser perfeita para pequenos comerciantes alavancarem suas vendas (Crédito: Foto de Nataliya Vaitkevich/Pexels)

A Black Friday é uma das datas mais esperadas do segundo semestre, pois é o momento que os lojistas têm para aumentar as vendas e o número de clientes, principalmente o pequeno varejista. 

Segundo a Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (Abcomm), a expectativa é que os e-commerces movimentem cerca de R$ 6,38 bilhões somente no dia 26, um aumento de 25% no faturamento em comparação com o mesmo período do ano passado. 



+Realidade pesa nos resultados do varejo

Outro estudo realizado pela Loja Integrada, entre os dias 27 e 30 de novembro do ano passado, mostra que os pequenos lojistas faturaram cerca de R$20 milhões, ou seja, 73% superior a 2019, o tíquete médio das compras chegou a R$268,9 e o número de pedido alcançou a marca de 74.806.

Esses números comprovam que a data é uma boa oportunidade para as PME’s aumentarem as vendas. Mas, para elas terem sucesso, é importante se atentar a pontos estratégicos de dentro da empresa. Seis especialistas apontam os erros que não podem ser cometidos antes e durante a Black Friday:

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



1- Esquecer da segurança e estabilidade dos sites

O seu site é onde os consumidores vão finalizar a compra e é essencial que ele tenha uma boa experiência. Um site que demore para carregar, por exemplo, pode fazer com que o cliente desista da compra. 

Por isso, pensar na segurança e na estabilidade do site é necessário também como estratégia de venda, afinal quanto mais tráfego, a probabilidade de falhas na segurança e ataques de malwares aumenta. “Escolha um servidor de qualidade e esteja atento aos upgrades, afinal, sites com execuções desatualizadas estão mais vulneráveis e suscetíveis a ataques. Por isso, mantenha em dia as atualizações de cores, plugins e temas. Enquanto faz a revisão, aproveite para remover tudo o que não é utilizado, assim, liberando mais espaço”, explica Arthur Furlan, CEO da Cloudez, empresa de Cloud Hosting.

2 – Não investir na experiência do cliente

Em um mercado onde as experiências estão cada vez mais integradas, é essencial investir em uma boa experiência do cliente com a sua marca tanto na loja física quanto nos canais virtuais e vá além do preço mais baixo. 

“As empresas precisam valorizar mais as habilidades como cordialidade, empatia e respeito. Hoje existem vários estudos que comprovam que marcas mais humanas criam mais conexão com seus clientes e, consequentemente, mais engajamento”, explica Gisele Paula, CEO do Instituto Cliente Feliz

A divulgação também precisa ser muito rápida, mas, ao mesmo tempo completa e assertiva. “Não adianta oferecer um produto incrível se as pessoas não tiverem conhecimento sobre ele. Estudar os movimentos de mercado e do público-alvo são essenciais para pensar em estratégias de divulgação. Atualmente, os negócios também podem contar com a ajuda de parceiros experts em criar ações que chamem a atenção dos consumidores”, explica Jefferson Araújo, CEO da Showkase, plataforma que ajuda pequenos negócios a venderem online de forma integrada.

Estar antenado com as novas tecnologias também é fundamental para não perder o cliente para a concorrência. O virtual tem uma desvantagem sobre o físico que é a impossibilidade de provar itens de vestuário, por exemplo. A realidade aumentada pode ser uma aliada para o consumidor ter uma experiência mais completa de como aquele produto vai ficar. “Os resultados alcançados por grandes varejistas que já adotaram essa tecnologia deixam claro que ela proporciona um engajamento positivo entre o público, as marcas e seus produtos, resultando naturalmente em uma taxa de conversão maior”, explica Marcos Trinca, Head de XR da More Than Real, startup especialista no desenvolvimento dessas experiências. 

3 – Negligenciar a logística

Justamente por ser uma das últimas etapas do processo de venda, o frete tem um papel significativo na experiência de compra e pode ser determinante para fazer o consumidor voltar mais vezes para a loja. “Manter o seu frete organizado e integrá-lo com plataformas especializadas ajuda a realizar a cotação do frete em várias transportadoras de forma simultânea. Isso dará a oportunidade de promover campanhas ou gratuidade na entrega, chamando a atenção dos consumidores para o seu negócio”, comenta Éder Medeiros, CEO do Melhor Envio, plataforma de cotação e geração de fretes.

Para quem tem frota própria, é necessário investir em tecnologia para aumentar a segurança das entregas. 

”Muito além de pensar no sucesso das vendas, durante a Black Friday é necessário redobrar a atenção também com a gestão de frotas e rastreamento dos veículos que irão cuidar dos envios das mercadorias. Há soluções que permitem aos clientes acompanhar, em tempo real, equipamentos, veículos e cargas utilizando as redes 4G”, finalizou Frederico Menegatti, CEO da Getrak. 



Tópicos

Alpargatas americanas sa Americanas.com B2W black fraude Black Friday Black Friday 2020 Black Friday 2020 campeãs de reclamações Black Friday 2020 reclamações Black Friday 2021 Black Friday 25 de março Black Friday acessórios Black Friday artigos de cozinha Black Friday Brasil black friday brinquedos Black Friday celulares Black Friday comércio de rua Black Friday eletrônicos Black Friday Fraude Black Friday maiores descontos Black Friday Maquiagens Black Friday Marketplaces Black Friday onde comprar Black Friday pequenas empresas Black Friday PME Black Friday Promoção black friday real Black Friday roupas Black Friday Shoppings Black Friday Smartphones Boletim de Ocorrência cartão clonado Cartão por aproximação Casas Bahia como escapar de golpes na Black Friday? como evitar fraude em ecommerce como não cair em promoções falsas? como vender mais na Black Friday compra segura consumidores na internet divulgação de promoções Dupe ecommerce especialista golpe Black Friday Extra.com.br falsa compra fraude boleto frete golpe da falsa loja online golpe do boleto golpe no pagamento golpes black Friday golpes comércio golpes financeiros golpes varejo golpes vendedores Havaianas jornada de compra Kabum lista de compras Black Friday logística lojas físicas lojas seguras para comprar na Black Friday Magalu Magazine Luiza Marketplaces o que é mercado livre o que é omnichannel O2O oferta falsa Omnichanel onde comprar barato na Black Friday? onde comprar na Black Friday 2021? Onde não comprar na Black Friday 2021? Osklen pagamento via QR Code PIX ponto Ponto Frio Procon Procon SP promoção falsa promoções novembro que dia e a black friday Reclame Aqui segurança digital bloqueio celular segurança digital dicas segurança digital golpes segurança digital justiça segurança digital prevenção segurança financeira segurança nas compras Shoptime site procon site Reclame Aqui sites seguros para ecommerce Sou Barato submarino super apps tecnologia de vendas Black Friday transporte de mercadorias venda offline venda online venda virtual vendas na internet Vendas PME via Via Varejo