Edição nº 1095 09.11 Ver ediçõs anteriores

“Vamos consolidar tudo na marca Dotz”

A Dotz confirmou a compra da rival Netpoints em uma transação divulgada com exclusividade pela coluna MOEDA FORTE, no portal da revista DINHEIRO, na terça-feira 31 de outubro. O negócio envolveu a saída de todos os sócios da empresa, como a Smiles, a Lojas Marisa e a Bozano Investimentos. Roberto Chade, presidente da Dotz, explica as razões da aquisição. Confira:

“Vamos consolidar tudo na marca Dotz”

Por que a Dotz comprou a Netpoints?
Temos um posicionamento muito forte no mundo do varejo, que é o nosso avião. E a Netpoints era a única companhia com uma atuação próxima do que fazíamos. No processo de consolidação, fazia todo sentido trazê-la para dentro. Essa transação reforça de forma absoluta nossa liderança no mercado de varejo.

De que tamanho fica a Dotz com a incorporação?
Posso destacar dois indicadores. O número de clientes, excluindo a sobreposição que é pequena, na casa de 7%, chega a 40 milhões de pessoas. Outro número é o da receita das redes de varejo que passam a fazer parte de nossa rede, que chega a R$ 30 bilhões. Seríamos uma das três maiores redes de varejo do Brasil, considerado o faturamento de todos os nossos parceiros.

A marca Netpoints vai sumir?
Sim, vamos consolidar tudo na marca Dotz. Mas antes precisamos esperar a aprovação do Conselho Econômico de Defesa Econômica (Cade), o que deve demorar até 60 dias.

Alguma preocupação com o Cade? Afinal, a Dotz elimina um concorrente na área de fidelidade focada no setor de varejo…
Não. O mercado de fidelidade é ainda muito pequeno. Multiplus e Smiles, que estão sendo incorporadas por Latam e Gol, respectivamente, são muito maiores. No caso de Dotz e Netpoints, existe uma complementariedade muito grande. Atuamos em regiões diferentes. Mas, claro, temos de aguardar a decisão final.

(Nota publicada na Edição 1094 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Ralphe Manzoni Jr.)


Mais posts

Portas abertas para o setor imobiliário

O executivo Leonardo Paz, CEO do Imovelweb, uma das maiores empresas de classificados de imóveis do País, tem acompanhado, quase em [...]

Charge da semana

(Nota publicada na Edição 1095 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Cláudio Gradilone)

Contabilidade a um clique

Se depender da Nucont, a papelada e as planilhas sobre a mesa dos contadores estão com os dias contados. A startup, que atua no [...]

Frase da semana

“Reformas e a independência do Banco Central fariam o Brasil crescer 3,5% no ano que vem” Paulo Guedes, futuro ministro da Economia [...]

Porto Digital na saúde

A Neurotech e a PickCells, duas empresas do Porto Digital, polo tecnológico de Pernambuco, se uniram para fortalecer seus negócios na área de medicina diagnóstica com uso de inteligência artificial (IA). Juntas, elas comercialização um sistema em que as imagens de raio X, ressonâncias magnéticas e tomografias serão analisadas eletronicamente, em vez de precisar que […]

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.