Giro

Vale-gás para famílias de baixa renda é aprovado no Senado

Crédito: Pedro Ventura / Agência Brasil

O gás de cozinha está entre os itens de maior inflação nos últimos meses (Crédito: Pedro Ventura / Agência Brasil)

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (19) a criação do vale-gás para famílias de baixa renda. O projeto já foi aprovado na Câmara dos Deputados, mas será analisado novamente pela casa porque o relator alterou significativamente o texto.



O benefício a ser pago é de 50% do valor médio do botijão de gás, que custa cerca de R$ 100. Terão direito ao vale-gás as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo, que são R$ 550, ou famílias que tenham integrantes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Senador Renan Calheiros faz leitura do relatório da CPI da Pandemia

O gás de cozinha está entre os itens de maior inflação nos últimos meses. Com a alta do preço do botijão, famílias tem usado fogão a lenha e a álcool para cozinhar.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?