Giro

Vale diz que apresentará defesa sobre ação do MP-MG após ser citada

A Vale informa que tomou conhecimento de ação do Ministério Público do Estado de Minas (MP-MG) em que deve apresentar garantias de R$ 7,931 bilhões para eventuais multas. A empresa afirma que apresentará sua defesa de forma “tempestiva” após citada, quando terá acesso aos autos e documentos.

Em comunicado, a Vale diz que no entendimento do MP-MG ela teria, por intermédio de ações de seus funcionários, dificultado atividades de fiscalização de órgãos públicos no complexo de Brumadinho.

A juíza da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Brumadinho, “sem

ciência ou manifestação prévia da Vale”, deferiu parcialmente pedido liminar do MP-MG para que a

Vale apresente, em dez dias a contar da intimação da decisão, garantias no valor de R$

7.931.887.500,00, com o fim de garantir eventual aplicação de sanção de multa ou perdimento de

bens, direitos e valores, ainda conforme o comunicado.

A Vale diz “que permanece firme em seu compromisso de reparar os danos causados pelo rompimento da barragem da Mina de Córrego do Feijão, sendo este seu principal foco de atuação em Brumadinho.”

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?