Ciência

Vacinas, sementes e até no cérebro: o grafeno e sua onipresença conspiratória

Negacionistas da pandemia da covid-19 e antivacinas recorrem ao grafeno para liberar sua imaginação e desenvolver teorias sobre seu uso em humanos. Segundo eles, esta substância é encontrada nos imunizantes contra o coronavírus, “modula” o comportamento e está presente até nas sementes de girassol.



A equipe de checagem de fatos da AFP analisou dezenas de publicações que continham desinformação em vários idiomas em torno deste nanomaterial, descoberto em 2004 e com potencial para revolucionar a eletrônica, a indústria aeroespacial, a energia e a medicina.

+ Começa hoje a campanha nacional de multivacinação

Confira, a seguir, os principais lugares em que propagadores de teorias da conspiração e antivacinas mencionam o grafeno.

– Componente de vacinas –



Vídeos de supostos vacinados com metais presos às suas extremidades deram vida à teoria de que o grafeno era responsável por esse “magnetismo”, como professaram nas redes sociais o antivacina argentino Luis Marcelo Martínez e o espanhol Ricardo Delgado. Até o deputado uruguaio César Vega compartilhou as imagens, em uma coletiva de imprensa no Palácio Legislativo.

Especialistas rejeitam essas versões, explicando que o grafeno não é solúvel, não tem propriedades magnéticas naturais e não poderia gerar magnetização, devido à pouca quantidade de material: é uma lâmina de uma camada de átomos de espessura.

Além disso, nenhuma das vacinas contra a covid-19 aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) têm o grafeno entre seus componentes.

– Material dos testes PCR –

 

Outra teoria compartilhada milhares de vezes afirma que as hastes flexíveis dos testes PCR para detectar o coronavírus contêm grafeno, o que “magnetizou” o rosto e o nariz dos afetados.

Essas hastes são, no entanto, fabricadas com polímeros convencionais, como o poliéster.

– Necropsia cerebral –

Milhares de usuários compartilharam nas redes o vídeo de uma necropsia do cérebro com a intenção de mostrar os efeitos letais do grafeno “nas funções neurais de uma pessoa vacinada”.

Na verdade, porém, as imagens mostram uma hemorragia intracerebral e circulam desde 2019, mais de um ano antes da aprovação das primeiras vacinas contra a covid-19, inclusive antes mesmo da identificação da doença.

– Tecnologia 5G –

Quem afirma que os imunizantes contra o coronavírus contêm grafeno justifica que o objetivo de injetar esse elemento é controlar a mente e afetar o corpo humano. Segundo uma de suas hipóteses, a tecnologia 5G “envia frequências” ao grafeno que entrou no organismo por meio da vacina, o que criaria os mesmos sintomas da covid-19.

Sendo assim, explicam que o que acontece no mundo desde março de 2020 é uma “plandemia” – termo usado nas redes para afirmar que a pandemia da covid-19 foi planejada pelas elites governantes.

Especialistas consultados afirmam que o grafeno poderia ser usado para melhorar a tecnologia 5G, mas enfatizam que não tem nenhuma relação com o coronavírus. Além disso, a atual pandemia se diferencia pouco de outras sofridas pela humanidade, quando ainda não existiam essas tecnologias.

– Radiofrequência –

Outra mensagem nas redes alega que o grafeno “pode ser manipulado mediante radiofrequência” para “modular” as emoções humanas e obter a localização GPS da pessoa.

Os especialistas estudam possíveis aplicações do grafeno que permitam entender melhor o cérebro, mas não é possível obter uma localização GPS – nem por radiofrequência, nem sozinho.

– Até nas sementes –

A obsessão com o grafeno nas redes fez com que “aparecesse” até em pacotes de sementes de girassol. Em um vídeo que viralizou, um homem explica que o material está presente no conservador de frescor, porque este era magnético.

Em entrevista à AFP, a fabricante, com sede em Sevilha, negou que aplique grafeno nas sementes e esclareceu que o pacote mencionado não produz danos à saúde, nem ao meio ambiente.

Segundo a autoridade espanhola de segurança alimentar, SESAL, esses absorventes de oxigênio impedem a deterioração de alimentos e são usados há décadas. O material utilizado não é grafeno, e sim pó de ferro, razão pela qual a embalagem é magnetizada.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

2 dose coronavac df 3ª dose a vacina coronavac da reação anticorpo monoclonal anticorpos coronavac anticorpos covid sintomas Anticorpos gerados pela CoronaVac anticorpos infectados nova infecção Anticovid aprovação coronavac europa astrazeneca vacina vencida Bolsonaro butanvac Cepa colombiana cepa colombiana é mais letal? cepa delta combate à fake news Como entrar no YouTube no YouTube? Como entrar no YouTube site? como funciona a vacina coronavac coronavac coronavac 3ª dose coronavac aceita nos eua coronavac é boa coronavac e butantan é a mesma coisa coronavac é de onde coronavac é de qual laboratório coronavac efeitos colaterais coronavac nao é aceita em outros paises coronavac ou astrazeneca qual a melhor coronavírus coronavírus alimentação coronavírus estudos coronavírus soja COVAX covid covid anticorpos covid longa covid restrições Covid variantes Doria doria bolsonaro doria Butantan doria china doria coronavac doria hoje doria oms doria sp doria terceira dose doria vacina doses diferentes efeitos coronavac efeitos da coronavac efeitos permanentes estudo europa ainda tem restrições? fake news idosos têm que tomar 3ª dose? imunizados naturais imunizados têm que usar máscaras infectados imunizados janssen janela de imunização janssen período de proteção janssen precisa de mais uma doze João Doria máscara vacina máscaras vacina OMS o que é resposta imune? O que é YouTube Brasil? OMS Opas países que aceitam coronavac pandemia balanço brasil pandemia balanço mundo pfizer 3ª dose pfizer entrega pfizer ou coronavac pode haver duas infecções diferentes pra que tomar 3ª dose? pronunciamento doria quais países não aceitam a coronavac qual a eficacia da coronavac Qual é o site do YouTube? Qual país tem mais infectados? qual vacina precisa de 3ª dose? qual vacina precisa dose de reforço Qual vacina protege contra variante delta? Qual vacina protege contra variante indiana? quando vou deixar de usar máscara? quanto tempo duram os anticorpos quanto tempo duram os sintomas? que alimentos inibem o coronavírus quem deve tomar 3ª dose? reacao coronavac reações da coronavac primeira dose reacoes da vacina coronavac resposta imune Delta Plus resposta imune variante delta resposta imune variante Gamma reuters coronavac sequelas covid Sinovac sinovac é a mesma coronavac sintomas da vacina coronavac superanticorpo vacina vacina 3ª dose vacina do butantan vacina fiocruz oxford vacina johnson vacina sputnik vacinação balanço brasil vacinação cruzada vacinação curitiba vacinação intercambiável vacinação trocada vacinas balanço 2021 vacinas sobrepostas variante delta Youtube