Ciência

Vacina é eficaz pois Ômicron tem mutações vistas em outras cepas, diz estudo

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Vacinas são eficazes pois cobrem quase todas as mutações genéticas presentes na variante Ômicron (Crédito: Arquivo/Agência Brasil )



Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) publicaram uma carta no Journal of Medical Virology na qual atestam a eficácia das vacinas contra a Covid-19 através de análise das mutações genéticas das cepas do coronavírus. Os cientistas afirmam que há apenas uma mutação genética exclusiva da Ômicron – as outras já haviam sido descritas anteriormente.

Os cientistas atribuem esse fator ao relativo baixo número de óbitos e hospitalizações atuais em relação a outras cepas, uma vez que a vacina gera resposta imune às características da Ômicron.

+ Ômicron está por trás de quase todas as infecções por Covid na Itália, diz órgão de saúde
+ O devastador impacto da variante Ômicron no cenário emocional das empresas

“Os dados disponíveis até agora nos fazem crer que as vacinas atuais são de fato eficazes, respeitando as devidas proporções, contra todas as variantes do vírus. E possivelmente serão contra as outras cepas que vierem a surgir”, afirma Ricardo Durães Carvalho, coordenador do estudo, à agência Fapesp.




O mesmo pesquisador publicou, em outubro de 2021, um artigo na revista científica medRxiv, em processo de revisão por pares, em que descreve uma série de mutações compartilhadas pelas diversas variantes do coronavírus.

Os pesquisadores da Unifesp analisaram mais de 200 mil genomas do SARS-CoV-2 e outros coronavírus humanos para identificar as mesmas mutações em diferentes cepas, o que pode servir como alvo de futuras vacinas.

“A Ômicron corrobora nosso estudo. Das 35 mutações da variante existentes na proteína spike (utilizada pelo vírus para penetrar nas células humanas), apenas uma não era conhecida”, explica Carvalho.


“Isso pode explicar por que a vacinação tem sido eficaz, embora nenhuma vacina tenha sido planejada especificamente para a Ômicron. Apesar de não impedirem a transmissão, os imunizantes têm evitado mais casos graves e mortes quando comparamos com outras ondas ocorridas quando não havia vacinas”, diz Robert Andreata Santos, que faz estágio de pós-doutorado na Unifesp.






Tópicos

A internação é necessária para todo caso positivo para o teste do COVID-19? África do Sul alcool gel após quantos dias os sintomas da variant Omicron da COVID-19 podem aparecer autoteste Brasil casos Como prevenir COVID-19 no ambiente de trabalho? contágio ômicron coronavírus covid da diarreia amarela covid da diarreia com sangue covid da diarreia e dor de barrigam geral covid da diarreia e dor de estomago covid da diarreia e dor no corpo covid da diarreia e febre covid da diarreia e vomito covid da diarreia forte covid da diarreia por quantos dias covid da diarreia verde Covid-19 devo continuar com medidas preventivas como uso de máscara dor de garganta omicron etc.? Europa GO mas transmiti-la? mascara de pano omicron medicação para covid omicron mortes ômicron novos casos covid-19 novos casos ômicron omicron omicron em crianças omicron sequelas OMS pandemia pico de transmissão pico de transmissão da ômicron Posso não apresentar sintomas da COVID-19 quais os sintomas da omicron a nova variante Quais são os principais cuidados para evitar a contaminação familiar de COVID-19? qual o pico de transmissão da ômicron? alcool gel Qual o tempo de incubação da COVID-19? qual os sintomas da omicron Quanto tempo a COVID-19 permanece ativo em diferentes superfícies? quantos dias duram os sintomas da omicron Quantos dias é o isolamento pela COVID-19? Que máscara uma pessoa que suspeita ter COVID-19 deve usar? Reino Unido remédios para covid omicron Se eu já tinha COVID-19 sequelas da omicron sintoma da gripe sintomas da nova variante omicron sintomas da variante omicron sintomas influenza sintomas omicron e influenza Tenho que parar de tomar alguma medicação por conta do novo coronavírus (COVID-19)? teste teste de covid vacinação variante omicron