Geral

Vacina de Oxford/AstraZeneca apresenta resposta ‘robusta’

Crédito: Arquivo Agência Brasil

A vacina desenvolvida pela Oxford, em parceria com a AstraZeneca, apresentou uma resposta "robusta" na imunidade entre idosos e jovens adultos (Crédito: Arquivo Agência Brasil)

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca, apresentou uma resposta “robusta” na imunidade entre idosos e jovens adultos e poderia ser disponibilizada para pacientes vulneráveis antes do final do ano. As informações foram divulgadas pelo site Independent.



Os testes sanguíneos de imunogenicidade realizados num subconjunto de participantes de ensaios mais antigos mostram que a vacina desencadeia anticorpos protetores e células T entre os idosos – um dos grupos etários de maior risco.

+ Retomado nos EUA teste clínico com vacina contra covid-19 da AstraZeneca/Oxford 
+ Oxford e AstraZeneca mantêm testes de vacina mesmo com morte

Embora a descoberta levante a esperança de que os idosos serão capazes de construir alguma forma de imunidade contra a doença, os testes de imunogenicidade positiva não garantem que a vacina seja segura e eficaz. É necessária uma análise mais aprofundada para este grupo etário.

Os detalhes dos testes deverão ser publicados, em breve, numa revista clínica, de acordo com o The Financial Times, que não mencionou o nome da publicação.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?