Ciência

Vacina contra covid-19 da Pfizer e BioNtech pode sair até dezembro

Crédito: AFP/Arquivos

A americana Pfizer: testes da candidata à vacina de Pfizer e BioNTech já estão em andamento (Crédito: AFP/Arquivos)

A vacina produzida pela Pfizer e BioNtech está próxima de autorização regulatória, o que deve acontecer em outubro. Se o imunizante obtiver aval, 100 milhões de doses poderão ser fornecidas até o fim deste ano e cerca de 1,3 bilhão de doses em 2021.

Segundo as empresas, os testes indicaram boa aceitação entre os voluntários e cerca de 20% deles apresentaram febre leve ou moderada, sem efeitos colaterais graves, no entanto. A divulgação dos dados se refere a fase 1 dos testes, enquanto as outras duas – já em andamento – devem sair nos próximos dias.

+ Campanha promove dia d de vacinação contra sarampo e influenza neste sábado em SP
+ J&J planeja testar vacina em 60 mil em vários países, incluindo Brasil
+ Ásia: bolsas fecham em alta, seguindo NY, após notícia sobre vacina contra covid

O nível de anticorpos contra o Sars-Cov-2 no organismo dos voluntários foi de 1,9 a 4,6 vezes maior do que em pacientes se recuperando da covid-19. Cerca de 11 mil voluntários já foram vacinados e o planejamento é atingir 30 mil voluntários com idades entre 18 e 85 anos.

Esses testes estão em andamento em diversos países, incluindo o Brasil.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel