Política

Vaccarezza pede a Moro mais prazo para garantia de fiança

O candidato a deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante-SP) pediu nesta segunda-feira, 24, ao juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, mais prazo para apresentar garantias da fiança de R$ 1,5 milhão. O prazo para que o ex-líder do governo Lula e Dilma na Câmara apresentasse as garantias terminou às 23h59.

O ex-deputado foi preso em 2017 na Operação Abate, 44ª fase da Lava Jato. Moro mandou soltar Vaccarezza, que alegou “problemas de saúde”, mas com imposição de seis medidas cautelares. Na lista, a fiança de R$ 1,5 milhão.

Vaccarezza deixou a cadeia sem pagar o montante. Em julho deste ano, mesmo devendo R$ 1,5 milhão, o ex-deputado criou uma lista no WhatsApp para arrecadar valores para sua campanha a deputado federal nas eleições 2018. A “vaquinha” de Vaccarezza foi revelada por reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

Desde o início de agosto, o juiz Moro cobra a fiança de Vaccarezza. No dia 10 de setembro, o magistrado autorizou que o ex-deputado apresentasse uma carta de fiança.

Em manifestação, a defesa afirmou que a decisão de Moro “não acolhe expressamente a prestação da fiança por meio da carta, conforme exigido pela instituição financeira”. O advogado de Vaccarezza anotou que “não se trata, à toda evidência, de impor condições ao juízo, mas sim de atender a questões formais estabelecidas pela instituição”.

“Seria necessário que o juízo expressamente acolhesse a proposta de prestação de fiança por meio da carta garantia para, em seguida, o requerente obter a carta junto à instituição, no prazo de 5 dias úteis”, registrou a defesa.

No mesmo documento, a defesa requereu que, alternativamente à carta de fiança, o juiz conceda um prazo de 30 dias para juntada da documentação relativa a imóveis dados em garantia.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?