Compras

Uso de assistente de voz ganha espaço durante a quarentena

Crédito: Pixabay

A Apple apresentou um novo dispositivo de assistente de voz, o HomePod Mini (Crédito: Pixabay)

A utilização de assistentes virtuais cresceu 47% durante a pandemia do coronavírus. O mercado brasileiro já conta com diversos serviços que funcionam em português, como a Alexa, da Amazon, o Google Assistente, a Bixby, da Samsung, e a Siri, da Apple, que, inclusive, apresentou um novo dispositivo, o HomePod Mini, nesta semana.

De acordo com a pesquisa da consultoria Ilumeo, 54% dos entrevistados já vê mais valor em produtos e serviços que permitam as interações por voz, enquanto dois a cada três pessoas teriam interesse em seguir utilizando dispositivos dessa forma.

+ Amazon vai lançar mercearia, com assistente de voz Alexa
+ Ex-CEO da WeWork investe na startup Alfred

Os brasileiros também estão usando o sistema com mais frequência, sendo que 20% acessa aos assistentes de voz diariamente. O levantamento foi produzido entre os meses de março e julho, com 1.100 respondentes espalhados por todo o Brasil.

A pesquisa mostrou ainda que 87% dos participantes afirmam usar a voz para realizar pesquisas nos diversos aparelhos, enquanto 82% recorrem ao recurso para tirar dúvidas. Operações como transações bancárias foram apontadas por 18% dos entrevistados e converter fala em texto por 5,2%.

Outro ponto destacado pelo estudo é preocupação com a privacidade. Eventuais riscos e vazamentos de informação são tidos como uma barreira para a adoção da tecnologia por 22%. Já para 33%, a maior barreira é a própria Inteligência Artificial, que ainda peca em alguns momentos.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel