Edição nº 1117 18.04 Ver ediçõs anteriores

Uso de água consciente da Fiat em Betim

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) acelerou suas iniciativas para reduzir o consumo de água nos processos industriais. No Polo Automotivo Fiat, em Betim (MG), a meta de redução foi alcançada após investimentos para ampliar o reuso, que hoje está em 99,6%. A regra é não desperdiçar. A água utilizada no processo produtivo, irrigação de áreas verdes e vasos sanitários vem do complexo de tratamento de efluentes localizado na sede da montadora. Em um círculo fechado, o rejeito gerado na manufatura retorna para tratamento, num sistema que usa tecnologias como MBR (Membrane Bio Reactor) e Osmose Reversa. Também são realizados projetos para o uso racional de água em etapas da produção. “Em três anos, o consumo de água por veículo produzido reduziu 37%”, diz Neylor Bastos, gerente de meio ambiente, saúde e segurança do trabalho da FCA para a América Latina.

(Nota publicada na Edição 1114 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Repasse solidário

Ao ter um filho diagnosticado com síndrome de down, o casal Marina e Henri Zylberstajn resolveu fazer algo que apoiasse iniciativas de [...]

Fundo Brasil e Instituto C&A premiam projetos de defesa dos direitos humanos na indústria da moda

Em pleno século XXI, a exploração do trabalho infantil ainda é um dos grandes problemas de direitos humanos existentes no Brasil. [...]

Perigo na torneira

A água das torneiras das principais capitais e de muitas outras cidades brasileiras está cheia de agrotóxicos. Pelo menos uma em cada [...]

Presidente do ICMBio se demite

Em um evento para o público ruralista realizado no Rio Grande do Sul, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ficou zangado porque [...]

O desenvolvimento sustentável do fast food

A noite do dia 30 de março se tornou um evento à parte na atribulada rotina dos funcionários do McDonald’s no Brasil. Nessa data, das [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.