Agronegócio

USDA reduz projeções para estoques de milho, mantém de soja e eleva de trigo

São Paulo, 12 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu nesta quarta-feira sua projeção para estoques domésticos de milho na safra 2020/21. Em seu relatório mensal de oferta e demanda, divulgado há pouco, o USDA estimou as reservas ao fim de 2020/21 em 1,257 bilhão de bushels (31,93 milhões de toneladas, em comparação a 1,352 bilhão de bushels (34,34 milhões de toneladas) projetados no mês passado. A estimativa ficou bem próxima ao esperado por analistas consultados pelo Wall Street Journal, de 1,26 bilhão de bushels (32,0 milhões de toneladas).

As reservas de soja nos EUA ao fim da temporada 2020/21 foram mantidas em 120 milhões de bushels (3,27 milhões de toneladas). Analistas, contudo, esperavam corte para 118 milhões de bushels (3,21 milhões de toneladas).

Quanto ao trigo, a estimativa do USDA passou de 852 milhões de bushels (23,19 milhões de toneladas) para 872 milhões de bushels (23,73 milhões de toneladas). O mercado projetava um corte para 849 milhões de bushels (23,11 milhões de toneladas).

Safra 2021/22

No levantamento de hoje, o USDA também divulgou suas primeiras estimativas para a safra 2021/22. O departamento projeta produção de soja dos EUA na temporada em 4,405 bilhões de bushels (119,90 milhões de toneladas, abaixo do esperado por analistas, de 4,441 bilhões (120,88 milhões de toneladas). Para o milho, o USDA projeta colheita de 14,990 bilhões de bushels (380,75 milhões de toneladas), também inferior ao esperado por analistas de 15,071 bilhões de bushels (382,80 milhões de toneladas). Para a produção de trigo dos EUA em 2021/22, USDA projeta 1,872 bilhão de bushels (50,95 milhões de toneladas), enquanto analistas esperavam colheita em 1,877 bilhão de bushels (51,09 milhões de toneladas).

O USDA prevê que as reservas domésticas de soja ao fim da temporada 2021/22 fiquem em 140 milhões de bushels (3,81 milhões de toneladas), enquanto analistas esperavam 132 milhões de bushels (3,59 milhões de toneladas). Para milho, a projeção do USDA é de estoques em 1,507 bilhão de bushels (38,28 milhões de toneladas) em 2021/22, acima do esperado por analistas de 1,354 bilhão de bushels (34,39 milhões de toneladas). Em relação ao trigo, o USDA estima reservas em 774 milhões de bushels (21,07 milhões de toneladas, acima da expectativa de analistas de 762 milhões de bushels (20,74 milhões de toneladas).

Estoques mundiais

O USDA reduziu sua projeção para estoques mundiais de soja de 86,87 milhões de toneladas para 86,55 milhões de toneladas, enquanto os analistas previam estabilidade. Para o milho, a estimativa foi reduzida de 283,85 milhões de toneladas para 283,53 milhões de toneladas. O mercado esperava uma redução para 279,4 milhões de toneladas. As reservas globais de trigo passaram de 295,52 milhões de toneladas para 294,67 milhões de toneladas, enquanto os analistas projetavam 295,1 milhões.

Quanto à safra 2021/22, o USDA projetou estoques globais de soja em 91,10 milhões de toneladas, enquanto analistas esperavam reservas em 88,8 milhões de toneladas. Para o milho, o USDA projeta estoques em 292,30 milhões de toneladas, acima do esperado pelo mercado de 284,1 milhões de toneladas. Em relação ao trigo, o USDA estima reservas globais em 294,96 milhões de toneladas ao fim de 2021/22, abaixo da estimativa de analistas de 299,4 milhões de toneladas.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago