Negócios

Universal e Nintendo terão parque com tema Mario World no Japão e EUA

Crédito: Divulgação

Parque terá interatividade com tecnologias como realidade aumentada (Crédito: Divulgação)


A Comcast, empresa que controla a Universal Studios, deu mais detalhes de como será o mundo interativo dedicado ao Super Nintendo World. A expectativa é se antecipar às Olimpíadas de verão deste ano e lançar a arena até julho de 2020, em Osaka, no Japão.

A empresa pretende ainda abrir um parque com o tema nos Estados Unidos, em Orlando, em 2023, e em Singapura, mas ainda sem definição de data.

Segundo nota no site da empresa, o mundo imersivo da Nintendo será uma experiência onde o usuário poderá vivenciar as dificuldades de personagens como Mario, Luigi, Yoshi, Donkey Kong, Zelda, além de Ash e Pikachu, do Pokémon. A primeira marca da gigante dos games que fará parte da campanha é o Super Mario World.

Na arena criada dentro da Universal Studios japonesa, os jogadores receberão o relógio “Power Up Band”, com acesso aos menus interativos dos cenários do jogo, um sistema de recebimento de moedas digitais similares às obtidas por Mario e Luigi e a possibilidade de compra de itens exclusivos.

A Comcast também trabalha em um aplicativo com layout do jogo clássico de Mario que integrará o Power Up ao celular dos usuários. Será através dele que os usuários poderão competir para ver quem coleciona mais moedas durante a caminhada imersiva no mundo de Mario.

Na arena, de acordo com a Comcast, os famosos blocos de interrogação do jogo aparecerão no decorrer da experiência dos usuários, contendo prêmios, moedas e artigos exclusivos. É possível acessar ao vídeo promocional da Nintendo aqui.

Segundo o site Eurogamer, será possível um passeio pelo mundo Yoshi no estilo omnimover, com experiência em visão e sensação de realidade aumentada.