Negócios

Unilever prevê que vendas semestrais serão afetadas por paralisação no Brasil

A multinacional anglo-holandesa Unilever previu hoje que o crescimento de suas vendas no primeiro semestre ficará abaixo da meta de 3% a 5% para o ano inteiro, devido à recente paralisação de caminhoneiros no Brasil.

O diretor-financeiro da Unilever, Graeme Pitkethly, no entanto, reiterou a projeção de avanço nas vendas para o ano.

Pitkethly, que falou durante teleconferência com investidores em Paris, também comentou que é “extremamente improvável” que as novas ações da Unilever sejam mantidas no índice FTSE-100 da Bolsa de Londres, depois que a empresa consolidar suas sedes em Roterdã, na Holanda. Atualmente, a Unilever possui sedes no Reino Unido e na Holanda.

Por volta das 8h20 (de Brasília), os papéis da Unilever operavam em forte queda no mercado inglês, de 4,4%. Fonte: Dow Jones Newswires.