Edição nº 1083 17.08 Ver ediçõs anteriores

Uma joia asiática

Uma joia asiática

A joalheira taiwanesa Anna Hu tem ganhado destaque ao redor do mundo com a exuberância de suas joias. As peças foram expostas na Christie’s, em Londres, no Museu do Kremlin, em Moscou e, agora, estarão na Place Vendôme, em Paris. Reconhecida pelo mundo da alta joalheria como ícone de uma nova onda criativa da Ásia, a designer Anna Hu criou a coleção “Love Knot”, que traz anéis, pulseiras e colares. Elas apresentam um nó duplo pavimentado com pedras preciosas. Os valores vão de US$ 4 mil a US$ 30 mil.

(Nota publicada na Edição 1069 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O relógio do Rambo

A relojoaria suíça Richard Mille lançou uma edição limitada, de apenas 20 peças, do RM 25-01 Tourbillon Adventure. O relógio foi [...]

A casa da árvore

A cidade de Devon, no Reino Unido, é um dos destinos mais procurados por quem gosta de natureza. O local foi declarado um dos [...]

A escrita de Homero

A Montablanc homenageia o escritor grego Homero (850 a.C.) na coleção Escritores, que foi criada pela marca alemã em 1992 para celebrar [...]

Joia de papel

A joalheria americana Tiffany lança em setembro a primeira coleção assinada por seu novo diretor artístico, o americano Reed Krakoff, [...]

Um jato na garagem

A empresa polonesa Metal-Master está lançando um jato particular que pode ser estacionado em uma garagem. Essa, pelo menos, é a ideia [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.