Giro

Uma inalação em vez de injeção? Futuras vacinas contra a covid-19 poderão ser intranasais

Crédito: Reprodução/Pixabay

Enquanto as vacinas atuais têm uma proteção transitória, as por via nasal se apresentaram como a melhor forma de prevenir infecções a longo prazo. (Crédito: Reprodução/Pixabay)

A farmaceutica Bhart Biotech segue trabalhando no desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19 que possa ser aplicada por via nasal. O mais recente desenvolvimento da pesquisa científica já tem aprovação para iniciar os ensaios da fase 3 do seu imunizante de aplicação alternativa.

Enquanto as vacinas atuais produzem uma imunidade poderosa contra a doença grave, mas têm uma proteção transitória, as anunciadas vacinas por via nasal se apresentaram como a melhor forma de prevenir infecções a longo prazo.



+ Covid-19: Como desmontar os argumentos de quem é contra a vacinação?

A explicação, como divulga o The New York Times, é muito simples: é que essas podem fornecer proteção exatamente onde é mais necessário bloquear o vírus – ou seja, nas mucosas das vias respiratórias. Como compara Krishna Ella, presidente e diretora-geral da Bharat Biotech, citada pelo mesmo diário americano, “é a diferença entre plantar sentinelas nos portões para barrar os intrusos e tentar expulsá-los depois de já terem invadido o castelo”.

Além disso, sustentam os responsáveis pelos ensaios agora aprovados para entrar na fase 3, poderiam imunizar populações inteiras de uma forma bem mais rápida do que com injeções – que requerem perícia e mais tempo para a sua administração. E permitiria ainda contornar a escassez de agulhas, seringas e outros materiais cirúrgicos.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia