Negócios

Uma alternativa ao SUS

Uma alternativa ao SUS

Não é de graça, mas é para ser acessível. A rede Clínica da Cidade, fundada em 2003, em Campinas (SP), aposta que o aumento da atenção dos brasileiros com a saúde será o motor do crescimento da empresa nos próximos anos.

Com 45 unidades e faturamento de 87 milhões neste ano, a ordem é crescer. “Parte dos novos clientes foi de pessoas precisavam de atendimento, mas que não conseguiram pelo convênio ou encontravam restrições no SUS”, afirmou o CEO, Rafael Teixeira.

(Nota publicada na edição 1234 da Revista Dinheiro)