Edição nº 1117 18.04 Ver ediçõs anteriores

Um jantar onde o céu é o limite

A ideia de jantar em uma mesa para 22 pessoas suspensa por um guindaste a 50 metros do solo pode parecer indigesta, mas quem já viveu a experiência, adorou. Em sua décima edição na cidade de São Paulo, o Dinner in the Sky tem vista para a icônica Ponte Estaiada, o tráfego da Marginal Pinheiros e os luminosos dos hotéis Hilton, Grand Hyatt e Four Seasons. E não é só a adrenalina de ficar pendurado que garante a diversão. No comando da cozinha, os chefs residentes Fábio Bernadini, André Wunderlich e Cássio Prados recebem convidados como Guga Rocha, Luiza Hoffmann e o vencedor do MasterChef Rafa Gomes, todos seguindo à risca a proposta de valorizar a culinária brasileira em pratos deslumbrantes. “Este ano colocamos à venda 10 mil ingressos”, diz Eduardo Lovro, sócio e CSO da Mestiça, empresa proprietária da estrutura no Brasil. O jantar custa R$ 600, com bebidas. Até 30 de junho.

(Nota publicada na Edição 1116 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Tenha uma Bugatti na sala de casa

A fabricante de automóveis francesa Bugatti quer comemorar seus 110 anos além das pistas – e com muito estilo. No Salone Del Mobile, [...]

Um lar pra chamar de palácio na África do Sul

Está listada na Sotheby’s International Realty uma casa de estilo palaciano – não apenas na arquitetura, mas também em tamanho. A [...]

Cobiçado Mercedes 300 SL 1955 de Adam Levine é vendido por US$ 1,5 milhão

O Mercedes-Benz 300 SL Gullwing 1955 que foi propriedade do vocalista da banda Maroon 5, Adam Levine, acaba de ser arrematado por US$ [...]

Iate do príncipe Rainier vai a leilão

O iate Riva Tritone, no qual o príncipe Rainier III e sua esposa Grace Kelly costumavam ser vistos navegando em Mônaco e na Côte [...]

O hotel para todos os gostos

O Les Sources de Caudalie, hotel 5 estrelas nos vinhedos do Château Smith Haut Lafitte, produtor dos melhores Bordeaux do mundo, tem [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.