Edição nº 1096 15.11 Ver ediçõs anteriores

Última sugada

Última sugada

O Rio de Janeiro dá um exemplo do que parece ser uma tendência inexorável. Ele será a primeira grande cidade brasileira a banir o uso de canudinhos plásticos de bares, restaurantes e quiosques de praia. Segundo projeto de lei, aprovado pelos vereadores cariocas, na quinta-feira 7, eles só podem ser servidos se forem feitos de papel biodegradável ou material reciclável. Caso a lei seja sancionada pelo prefeito Marcelo Crivella, os estabelecimentos que insistirem no plástico podem ser multados em R$ 3 mil. Os canudinhos parecem inofensivos, mas depois de um rápido uso, para apenas alguns goles de uma bebida, levam um século para se decomporem.

Nos Estados Unidos, diversas cidades adotaram leis semelhantes, como Malibu, Oakland, Berkeley, Nova York, Miami Beach, Nova Jersey e Seattle. A Escócia planeja banir os canudos em 2019 e Taiwan quer estender a proibição a diversos itens de plástico, como copinhos e sacolas, até 2030. A rede Starbucks anunciou, na segunda-feira 9, acabar com os canudos em suas unidades até 2020. Também a McDonald’s testará, no Reino Unido, medida similar, o que pode se estender pelas lojas da rede pelo mundo. Os ambientalistas defendem que o fim dos canudinhos não resolverá o problema dos plásticos nos oceanos, mas pode ser o ponto de partida para as pessoas se acostumarem a usarem menos plásticos no dia a dia.

(Nota publicada na Edição 1078 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Riqueza natural não é pedra no sapato

O Brasil é um dos países mais ricos em biodiversidade, mas a mudança do uso da terra elevou os índices de degradação ambiental nos [...]

Alunos do ensino básico aprendem a empreender

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai iniciar um projeto de educação financeira de longo prazo voltado a grupos de crianças que têm entre três e cinco anos. O programa inclui temas como integridade e empreendedorismo e realizará o “teste do marshmallow”, relacionado ao autocontrole, uma das principais características quando se trata de poupar dinheiro. […]

Viver em Nova Déli é como fumar 50 cigarros (por dia!)

A capital da Índia, Nova Déli, é uma das cidades mais poluídas do mundo. Numa pesquisa recente, médicos indianos concluíram que a [...]

Uma Waiãpi na equipe de transição

A indígena Silvia Nobre Waiãpi, 42 anos, é uma das quatro mulheres a fazer parte da equipe de transição do presidente eleito Jair [...]

Alimento contra a extinção

O grupo francês Carrefour realizou globalmente a primeira edição do Super Eco-Embaixador. A ação é voltada aos colaboradores de todos os hipermercados e supermercados da companhia e pretende estimular o desenvolvimento de soluções sustentáveis para as lojas. No Brasil, o projeto vencedor foi o “Alimentando Espécies em Extinção”, de funcionários de uma unidade em Curitiba […]

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.