Economia

Uísques e carros clássicos foram luxos mais valorizados em dez anos

Crédito: Pexels

Pesquisa mostra que os preços dos uísques raros (produzidos em baixíssimo volume ou remanescentes de destilarias desativadas) subiram 478% em dez anos (Crédito: Pexels)

Uísques raros foram os itens de colecionadores que mais se valorizaram na última década. É o que mostra levantamento realizado pela Knight Frank, consultoria global concentrada no mercado de luxo, divulgado no início do mês passado. Os automóveis clássicos ocupam a segunda posição no ranking.

De acordo com o Uol, a pesquisa mostra que os preços dos uísques excepcionais, aqueles produzidos em baixíssimo volume ou remanescentes de destilarias desativadas, subiram 478% nos últimos dez anos.

+ O luxo de compartilhar

Já os valores de carros históricos aumentaram 193% no período. Vinhos subiram 127%, bolsas (108%) e relógios (89%) também se destacaram entre os itens de luxo que mais valorizados .

O índice de investimento foi outro indicador divulgado pela consultoria. Esse índice tem como objetivo rastrear o desempenho de uma cesta teórica de classes de ativos colecionáveis selecionadas, sendo que no topo da lista obras de arte, conforme o Uol. Carros clássicos vêm na segunda posição, seguidos por relógios, vinhos, joias, uísques raros, mobília, diamantes coloridos, moedas e bolsas.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel